Labels

#ChupaCabraFest

#ChupaCabraFest

sábado, 18 de outubro de 2014

Dilma tem apoio de 16 dos 28 que disputam 2º turno; 10 apoiam Aécio

Desde a confirmação dos nomes de Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) como adversários no segundo turno das eleições presidenciais, declararam apoio à petista 16 dos 28 candidatos aos governos de estados onde haverá segundo turno; dez manifestaram apoio ao tucano e dois se declararam neutros.

Ao todo, 13 estados e o Distrito Federal terão eleições para governador no próximo dia 26, mesma data em que a população escolherá o presidente do país.
Em quatro estados (Amapá, Ceará, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte), Dilma conta com o apoio dos dois candidatos que disputam o segundo turno. No Distrito Federal, Aécio  é apoiado pelos dois rivais.
Confira os apoios dos candidatos a governador dos estados onde haverá segundo turno:
Dilma Rousseff
Tião Viana (PT-AC);
Eduardo Braga (PMDB-AM)
Waldez (PDT-AP)
Camilo Capiberibe (PSB-AP)
Camilo Santana (PT-CE)
Eunício Oliveira (PMDB-CE)
Iris Rezende (PMDB-GO)
Delcídio do Amaral (PT-MS)
Helder Barbalho (PMDB-PA)
Ricardo Coutinho (PSB-PB)
Luiz Fernando Pezão (PMDB-RJ)
Marcelo Crivella (PRB-RJ)
Henrique Alves (PMDB-RN)
Robson Faria (PSD-RN)
Confúcio Moura (PMDB-RO)
Tarso Genro (PT-RS)

Aécio Neves
Márcio Bittar (PSDB-AC)
Rodrigo Rollemberg (PSB-DF)
Jofran Frejat (PR-DF)
Marconi Perillo (PSDB-GO)
Reinaldo Azambuja (PSDB-MS)
Simão Jatene (PSDB-PA)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Expedito Jr. (PSDB-RO)
Chico Rodrigues (PSB-RR)
Ivo Sartori (PMDB-RS)

Fonte: G1

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Saci Fest 2014 no Povoado Monte (Banzaê)



É festa a fantasia e a galera vai marcar presença mais uma vez no Saci Fest do Povoado Monte (Banzaê).

A 6ª Edição desse grande evento acontecerá na Boat Cash Box no dia 01 de Novembro com animação dos Dj's estourados Thiago Prado e Dilson.

Maiores informações do evento com Amanda Ribeiro (99345423) e Sabrina Costa (99100579).

No Datafolha e no Ibope, Aécio tem 51%, e Dilma, 49% dos votos válidos


quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Levy Fidelix anuncia apoio a Aécio Neves no segundo turno

O candidato derrotado do PRTB à Presidência da República, Levy Fidelix, anunciou nesta quarta-feira (15) que ele e seu partido apoiarão Aécio Neves (PSDB) no segundo turno das eleições.
Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral, Levy Fidelix ficou em sétimo lugar na disputa pelo Palácio do Planalto no primeiro turno das eleições, tendo recebido 0,43% dos votos (446.878 votos).
Conforme nota divulgada no site do PRTB, um bloco composto por 10 partidos formalizará apoio ao tucano no próximo domingo (19) durante um evento no Centro de Tradições Nordestinas, em São Paulo. Além do PRTB, deverão participar PHS, PSL, PTdoB, PRP, PTN, PEN, PMN, PTC e PSDC – esse último, do candidato Eymael, que também concorreu à Presidência no primeiro turno.
O PV e o PSC, que concorreram no primeiro turno ao Planalto com Eduardo Jorge e Pastor Everaldo, respectivamente, também anunciaram apoio a Aécio na segunda fase das eleições.

O PSB, partido pelo qual concorreu Marina Silva, também apoiará o presidenciável do PSDB e já participa da campanha do tucano desde a semana passada. Fonte: G1

Dilma e Aécio duelam em primeiro debate do segundo turno

O primeiro confronto direto entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves na disputa presidenciável do segundo turno, realizado nesta terça-feira (14), na TV Bandeirantes, foi marcado por críticas severas nas comparações entre as administrações dos petistas e dos tucanos.
 
Na chegada aos estúdios da Band, Aécio criticou os ataques feitos pela campanha petista e disse que vai reagir com serenidade. “A cada mentira deles vou rebater com dez verdades”.
 
Já Dilma Rousseff, defendeu que seu governo lançou um “novo ciclo para o desenvolvimento do Brasil” e que a educação será prioridade, caso reeleita.
 
Ao falar sobre corrupção, Aécio criticou o envolvimento do governo petista no escândalo de corrupção da Petrobrás, e disse que, se eleito, fará um “governo que una eficiência com a decência”.
 
Dilma reafirmou seu compromisso de seguir investigando e punir todos os culpados. A petista, por sua vez, também criticou o tucano pela construção de um aeroporto numa propriedade de um familiar.
 
Questionada sobre o descontrole da inflação, Dilma Rousseff tentou tranquilizar a população, e disse se tratar de uma onda passageira: “tenho certeza q até o final do ano a inflação estará em 6,5%”, garantiu a petista, que encerra em dezembro deste ano sua administração. 
 
Dilma ainda defendeu sua política econômica, quando arguida sobre o pouco crescimento que o país tem tido. “Diante de uma grave crise, mantivemos emprego, os salários e continuamos investindo”, afirmou.

Sobre os programas sociais, Aécio Neves desmentiu a informação de que vai acabar com o Bolsa Família. Pelo contrário, o tucano disse que vai aprimorar, e defendeu que os verdadeiros “pais” programa são o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e sua esposa Ruth Cardoso. 

“Aí chegamos na fabulação, aí chegou a ser lenda, respondeu Dilma, retrucando a informação de Aécio. Fonte e Foto: Bocão News

Festa de Outubro 2014 em Ribeira do Pombal: Agradecimentos do prefeito Ricardo Maia

Blog de blogdojoilsoncosta :BLOGDOJOILSONCOSTA, AGRADECIMENTOS PREFEITO RICARDO MAIA


Mais uma vez os pombalenses deram uma demonstração de alegria e hospitalidade, e ao lado de visitantes que vieram de cidades da região e outras partes da Bahia e do Brasil, curtiram num clima de muita paz a maior festa de todos os tempos. Estou muito feliz em ter oferecido três dias festivos muito especiais. Caprichamos na organização, na estrutura, na segurança; contratamos grandes atrações, como a renomada dupla sertaneja Víctor e Léo. 

O resultado não poderia ser outro: grandes shows, público espetacular e um clima contagiante de um povo alto astral, que com o seu jeito cativante tem feito Ribeira do Pombal ganhar fama cada vez maior de cidade cativante e festeira. Quero agradecer imensamente a toda nossa equipe que trabalhou para que nada tirasse o brilho desse grande espetáculo: porteiros, seguranças, agentes de limpeza, assessores, secretários, eletricistas, armadores de palco, profissionais da saúde, vaqueiros, membros da comissão da vaquejada e outros colaboradores que trabalharam muito para que esse evento alcançasse tamanho sucesso. Agradeço também, de uma forma especial, ao público, que nos três dias lotou o Ferreirão e curtiu intensamente grandes shows. 

Entendo que além de obras e serviços, as pessoas querem também lazer e diversão. Portanto, enquanto for prefeito, continuarei valorizando a nossa Festa de Outubro por entender que ela é a maior tradição de nossa gente, fazendo com que a cada ano ela seja mas forte e atrativa. Este ano conseguimos fazer uma festa ainda maior que em 2013, e o ano que vem, não tenha dúvida, dou a minha palavra, será maior ainda. Obrigado mais uma vez por esse grande momento festivo que vivemos juntos. Por Ricardo Maia, Prefeito de Ribeira do Pombal.

terça-feira, 14 de outubro de 2014

PSDC de Eymael confirma apoio do partido a Aécio no segundo turno

O PSDC anunciou nesta terça-feira (14) que irá apoiar o candidato do PSDB ao Planalto, Aécio Neves, no segundo turno das eleições. O anúncio foi feito após reunião da Executiva Nacional do partido, em São Paulo. Na última sexta (10), a assessoria do partido já havia adiantado que apoiaria o tucano mas ainda não havia oficializado a posição.
Segundo dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral, o candidato do PSDC à Presidência, José Maria Eymael, ficou em nono lugar no primeiro turno das eleições presidenciais deste ano e obteve 61,2 mil votos (0,06%) - ele ficou à frente de Mauro Iasi (PCB), que obteve 47,8 mil votos (0,05%), e Rui Pimenta (PCO), que registrou 12,3 mil votos (0,01%).
Nesta terça-feira, o PHS, que fazia parte da coligação da presidenciável do PSB, Marina Silva, também anunciou apoio a Aécio. Por meio de nota, o presidente nacional do partido, Eduardo Machado, declarou que Aécio representa "a mudança que procurávamos".

"Sabemos que o candidato é um excelente estrategista e isso é importante na gestão de um País. Nesse momento, acreditamos que é o melhor caminho para o Brasil", declarou Machado.

Desde a semana passada, seis partidos anunciaram apoio ao presidenciável do PSDB no segundo turno: PV e PSC, que concorreram no primeiro turno das eleições para presidente com Eduardo Jorge e Pastor Everaldo, respectivamente, além de PPS, PSB, PHS e PSL, quatro dos seis partidos que integraram a coligação Unidos Pelo Brasil, encabeçada por Marina Silva. A candidata do PSB anunciou neste domingo (12) que votará em Aécio e o apoiará no segundo turno. Fonte: G1

Sucesso, palavra que define o SKENTA POMBAL 2014


A Nossa Cidade Entretenimento, a Rádio Pombal FM e a Velame Assessoria, agradece a todos que acreditaram e abrilhantaram a primeira edição do Skenta Pombal, festa Open Bar e de camisa que aconteceu no último Sábado (11 de Outubro) com os shows de Saulo, Léo Magalhães, Léo Santana, Tayrone Cigano e Banda Os Piratas no Parque São Gabriel em Ribeira do Pombal. 

Os agradecimentos são destinados também aos parceiros, patrocinadores e a toda imprensa pelo apoio dado. 

Enfim, agradecimento a você que participou da festa e colaborou para que terminasse tudo em PAZ. Muito obrigado e que venha o CHUPA CABRA FEST 2014 no dia 27 de Dezembro com Aviões do Forró, Pablo e Luxuria. Fonte e Foto: Velame Assessoria

domingo, 12 de outubro de 2014

Marina Silva declara apoio a Aécio Neves no segundo turno


 Marina ao lado do candidato a vice nesta eleição, Beto Albuquerque 

Após uma semana de negociações com o PSDB, a candidata derrotada à Presidência pelo PSB, Marina Silva, anunciou neste domingo (12) que apoiará o candidato tucano Aécio Neves no segundo turno. A decisão foi divulgada, em São Paulo, um dia depois de o presidenciável do PSDB assumir, por meio de uma carta aberta, uma série de compromissos para a área social, entre os quais parte das condições impostas pela ex-senadora para apoiá-lo na reta final da corrida pelo Palácio do Planalto.

"Tendo em vista os compromissos assumidos por Aécio Neves, declaro meu voto e o meu apoio a sua candidatura. Votarei em Aécio e o apoiarei. Votando nesses compromissos, dando um crédito de confiança à sinceridade de propósitos do candidato e de seu partido e, principalmente, entregando à sociedade brasileira a tarefa de exigir que sejam cumpridos", disse Marina, ao final de um pronunciamento de cerca de meia hora, ao lado de seu candidato a vice na eleição presidencial, deputado Beto Albuquerque (PSB-RS).
"Não estou com isso fazendo nenhum acordo ou aliança para governar. O que me move é a minha consciência, e assumo a responsabilidade pelas minhas escolhas", complementou.

Entre as promessas assumidas pelo tucano no sábado, em resposta às condições apresentadas pela ex-senadora, está, caso seja eleito, adotar uma política ambiental sustentável, priorizar o ensino integral no país e a criar um fundo para tentar solucionar os conflitos entre índios e produtores rurais, além do compromisso de que irá trabalhar para que o Congresso Nacional aprove o fim da reeleição para cargos executivos. Fonte: G1

sábado, 11 de outubro de 2014

Ao lado da viúva de Campos, Aécio diz honrar 'legado' do ex-governador

Aécio Neves se reúne no Recife com a família de Eduardo Campos (Foto: Luna Markman)
 
 
O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, se reuniu na tarde deste sábado (11) no Recife com Renata Campos, viúva do presidenciável do PSB Eduardo Campos, morto em acidente aéreo em agosto deste ano em meio à campanha eleitoral.
 
 Em rápida declaração à imprensa, ele afirmou honrar o "legado" do ex-governador pernambucano. "É, mais uma vez, um privilégio estar na casa de Eduardo Campos, honrando o legado dele", disse Aécio. Renata apenas consentiu com a cabeça.
 
Aécio chegou à casa da família de Campos, na Zona Norte do Recife, por volta das 14h para participar de um almoço com lideranças do PSB no estado. Minutos depois, ele foi à porta da residência com sua filha, Gabriela, acompanhado por Renata e três dos cinco filhos dela com o ex. governador de Pernambuco.
 
Mais cedo, por volta das 11h, o tucano foi recebido por lideranças de movimentos sociais e políticos da Frente Popular, que apoiou o governador eleito Paulo Câmara (PSB), indicado por Campos, em um hotel na Zona Sul da capital.  Os filhos do ex. governador estiveram presentes no evento, onde foi divulgada uma carta de compromissos com a área social.
 
No texto, a viúva de Campos, Renata, lista os motivos que a levaram a declarar apoio ao candidato do PSDB no segundo turno. A carta destaca a consternação de sua família com a morte trágica de Eduardo Campos e afirma que o governo federal se tornou "incapaz" de promover as mudanças idealizadas por seu marido.
 
Renata também ressaltou no documento pontos em comum na trajetória política entre Aécio e Campos e disse que acredita na capacidade de "diálogo e gestão" do tucano.
 
"Hoje, temos duas possibilidades: continuar como estamos ou trilhar um caminho de mudança. O Brasil pede mudanças. O governo que ai está tornou-se incapaz de realizá-las. Continuamos acreditando nos mesmos valores, continuamos com os mesmos sonhos. Só será possível mudar o Brasil se tivermos capacidade de unir e dialogar, respeitando as diferenças. É preciso reconhecer os avanços que tivemos, as contribuições de todos, mas é fundamental organizar a casa, arejar", escreveu a viúva de Campos. Fonte: G1

Presidente Nacional do PSB confirma apoio a Dilma no SegundoTurno

O presidente nacional do PSB, Roberto Amaral , divulgou neste sábado (12) em sua página na internet carta em que afirma que o partido ‘traiu luta de Campos’ ao apoiar Aécio e que a sigla “jogou no lixo” o legado de seus fundadores. No texto, ele defende apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), que, segundo ele, é a “única” alternativa para a esquerda.
 
O texto foi divulgado quatro dias após a executiva nacional do partido aprovar o apoio formal da sigla à candidatura de Aécio Neves, do PSDB. O partido ficou dividido sobre quem apoiar no segundo turno após a saída da candidata Marina Silva da corrida eleitoral. No último domingo, Marina foi a terceira mais votada para presidente da República, com 22.176.619 votos (21,32%).  Dilma obteve 43.267.668 votos (41,59%) e o tucano, 34.897.211 (33,55%).