Labels

sábado, 16 de março de 2013

Vítimas do incêndio da boate Kiss morreram por asfixia de gases tóxicos, diz laudo

Vítimas do incêndio da boate Kiss morreram por asfixia de gases tóxicos, diz laudo 
Foto: Fernanda Bona/ Divulgação
 
Laudos técnicos revelam que a inalação dos gases cianeto e monóxido de carbono foi a responsável pela morte de mais de 240 pessoas que estavam na Boate Kiss, em Santa Maria (RS), na noite do dia 27 de janeiro último. A informação é da legista-chefe do Departamento Médico Legal de Santa Maria, Maria Ângela Zuchetto, e integra a série de laudos entregue à Polícia Civil do Rio Grande do Sul, na tarde desta sexta-feira (15), noticia o Correio Braziliense. Os relatórios detalhados foram anexados ao inquérito policial que apura as causas e as responsabilidades da tragédia, que já reúne mais de 1,7 mil páginas. De acordo com o jornal, os documentos confirmam a superlotação da boate. Com capacidade para entre 700 e 750 pessoas, na noite do incêndio, a boate recebeu mais de mil frequentadores, grande parte de jovens estudantes. A expectativa é que o inquérito seja entregue à Justiça já na próxima semana.

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!