Labels

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Carcaças de animais mortos são jogadas em frente ao Banco do Nordeste em Feira

Paulo José/Acorda Cidade
 Carcaças de animais em frente ao Banco do Nordeste (Foto: Paulo José/Acorda Cidade)

 “A pior seca do século: Não deixe o campo morrer”. Esse foi o tema de um debate realizado na manhã desta segunda-feira (15) no teatro da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), em Feira de Santana, e que também esteve presente no discurso dos representantes de governo de diversas cidades da região e principalmente dos trabalhadores rurais, que após o debate seguiram em passeata pela rua Conselheiro Franco até a frente do Banco do Nordeste, onde depositaram carcaças de animais mortos.  

 Agricultores em passeata (Foto: Paulo José/Acorda Cidade)

Após o debate, os trabalhadores rurais realizaram uma passeata por diversas ruas de Feira de Santana cobrando providências para ajudar na convivência com a seca.

“Essas carcaças simbolizam as perdas que estamos tendo em decorrência da seca prolongada. Estamos aqui para cobrar das autoridades a resolução das nossas propostas. Queremos mais celeridade, pois a solução está no papel”, afirmou o presidente dos Produtores Rurais, Carlos Henrique, acrescentando que outras mobilizações serão realizadas no interior do estado

Participaram do debate, o deputado federal Colbert Martins; o deputado estadual Carlos Geílson; o vice-prefeito de Feira de Santana, professor Luciano Ribeiro, representando o prefeito José Ronaldo de Carvalho; o secretário municipal de Agricultura e Serviços Hídricos, Ozeny Morais, além de prefeitos e representantes de outros municípios, vereadores, representantes de sindicatos rurais e agricultores.

Mês de mobilizações

O presidente dos trabalhadoresrurais de Feira de Santana, Grande, informouquecaso a pauta de reivindicações do sindicatonãosejaatendida, seráorganizado um mês de mobilizações em Feira de Santana, queseguiráaté o próximodia 15 de maio. Segundo ele, no anopassadoforamencaminhadasváriaspautas, masatéentão nada foiresolvido. Fonte: Acorda Cidade

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!