Labels

terça-feira, 7 de maio de 2013

Cadê os pais do Asfalto Sonrisal Euclides/Aribicé?

Já que o assunto do momento é sobre o Asfalto ainda não inaugurado oficialmente que liga Euclides da Cunha ao povoado Aribicé num trecho de 29 quilômetros (BA220), asfalto esse com 3 meses  de obra concluída e que demonstra não suportar muita chuva, pois depois de 10 dias de chuvas em Euclides da Cunha e região, apareceram os primeiros sinais de buracos e já foi apelidado até de Asfalto Sonrisal, serviu de inspiração para eu fazer esse novo artigo aqui no Banzaê News, afinal, cadê os “Pais” da obra?

Lembro-me bem que no dia 19 de Dezembro de 2011 quando foi assinada a ordem de serviço para construção dos 29 km de extensão da BA 220 pelo governador Jaques Wagner em Euclides da Cunha, vários foram os “Pais” que se denominaram como solicitante da obra, o vice-governador Otto Alencar, o senador Walter Pinheiro, os deputados federais Rui Costa (hoje secretário estadual da Casa Civil), Félix Junior, Daniel Almeida e o anfitrião do evento José Nunes Soares, os deputados estaduais Marcelo Nilo e Aderbal Caldas e a deputada estadual Fátima Nunes.
 
Na ocasião, todos fizeram o uso da palavra comunicando a população presente que era solicitante da obra ao governo, porém, o que vemos hoje é o asfalto sumindo mesmo sem uma inauguração oficial e até o devido momento, nenhum “Pai” se manifestou sobre o assunto, então pais da obra, cadê a opinião de vocês a respeito do assunto?
 
Segundo Jaques Wagner, se planeja fazer a extensão da rodovia até Banzaê e posteriormente até Cícero Dantas, porém, o certo é resolver os problemas do trecho Euclides/Aribicé para depois se pensar na extensão. Por: Bruno Matos Cezar

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!