Labels

terça-feira, 18 de junho de 2013

CONSEG em Banzaê



Aconteceu na tarde de ontem no Plenário da Câmara de Vereadores de Banzaê, a primeira reunião pública para que seja criado em Banzaê o CONSEG - Conselho Comunitário de Segurança Pública, o Conselho que é uma iniciativa surgida do anseio da sociedade e que tem como finalidade apresentar propostas de políticas públicas e acompanhar a execução das mesmas. 

Presente a reunião, o gerente do Banco do Brasil do município, Ulisses Lisboa, disse que a participação de todos é muito importante neste momento e que a falta de segurança é um mal que favorece primeiramente aos criminosos, mas também ao setor comercial, ele disse também que uma das principais metas depois da criação do CONSEG, é colocar o Monitoramento com câmeras no centro da cidade que é onde se concentra os comércios, as agências bancárias e os principais órgãos públicos.

O representante dos Direitos Humanos de Banzaê, Valdemir dos Santos, disse que o CONSEG vai ter o papel de trabalhar junto com a polícia local e ao mesmo tempo, terá o papel de ser fiscalizador das ações realizada pela mesma.

O presidente da Câmara de Vereadores, Dedé, disse que o promotor da Comarca, Dr. João Paulo dos Santos, deixou bem claro que vai garantir o total apoio do Ministério Público na criação do Conselho em Banzaê e que o MP já tem uma quantia em dinheiro a ser destinada para implantação do Monitoramento na cidade e que a outra quantia será destinada pelo Comercio Local, pelas Entidades, Órgãos competentes e pela Sociedade Civil.

Uma nova reunião será marcada em breve para que o Conselho seja criado no município e no mês de Julho numa data a ser divulgada, acontecerá uma Audiência Pública sobre Segurança na Câmara de Vereadores com a presença do promotor, Dr. João Paulo dos Santos e demais representantes.

Participaram também da reunião ontem a vice-prefeita, Vera Leal, os vereadores Gilson do Camamum e Alfredo Júnior, o representante da ONG Novo Rumo, Alceu Leal, o presidente da ACIB - Associação Comercial e Industrial de Banzaê, José Nilton e os comerciantes João Alves, Arnaldinho e Bira.


Chamou muita atenção, à falta de compromisso dos comerciantes banzaeenses, pois só quatro apareceram numa reunião que para minha pessoa, é a parte mais beneficiada quando instalar o monitoramento por exemplo.

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!