Labels

terça-feira, 30 de julho de 2013

A Jornada Mundial da Juventude por Josivan Ribeiro

Durante 7 dias na semana passada, a cidade do Rio de Janeiro foi palco da 28ª Edição da Jornada Mundial da Juventude, e 19 banzaeenses marcaram presença representando o município ao lado dos conterrâneos da Diocese, e o amigo, blogueiro e peregrino, Josivan Ribeiro, marcou presença e colocou em seu Blog, o Monte Nius, uma matéria falando como foi a JMJ para ele e a mesma virou um novo artigo do Banzaê News. 

A Jornada Mundial da Juventude por Josivan Ribeiro

São muitos os momentos pata tentar "descrever" numa publicação as emoções que a JMJ nos proporcionou a todos que participamos, é de verdade uma vivência celestial.

De maneira resumida pode-se dizer que foi um novo "Pentecoste", aquela multidão em Jerusalém ouvindo os apóstolos falarem em sua língua, sendo que eram entendidos por todos os estrangeiros em suas línguas natais, assim também foi no Rio de Janeiro durante esse período da Jornada Mundial da Juventude. Vários povos, vários idiomas, várias culturas e costumes, mas em uma única Língua: a do Espírito Santo que torna entendida por todos os participantes, algo simplesmente celestial.

Quem viveu esse momento da JMJ, sabe muito bem do que está escrito aqui, não como explicar, porque essa experiência é como a de uma pessoa que provou uma comida que o outro não conhece, não tem como descrever o sabor, apenas saboreando é que se sabe o gosto que tem, pode-se sim, tentar dizer um pouco do que presenciou e vivenciou.
Camisa, Livro Liturgia, Manual de Bioética,
Credencial do Peregrino, Guia do Peregrino,
Livro Discípulos, Boné, Garrafa para água, Cartão Refeição
e Cartão Transporte
Mochila e Protocolo de Inscrição
Parabenizo os mais de 60 mil voluntários que  fizeram um trabalho excepcional, estavam sempre atentos em ajudar os peregrinos.

De tudo participamos, primeiro em Aparecida e na Canção Nova em São Paulo, nossa primeira parada, e depois do Rio onde participamos dos grupos de Oração, da Missa de Abertura, da Missa de Acolhida, da Encenação de Cristo (Via Sacra), da Vigília de Oração e da Missa de Envio, sendo que as últimas com a participação do Papa Francisco.

Participamos também de uma exposição realizada no RioCentro (uma Expo católica) com estandes representando os Estados Brasileiros, além de shows musicais com grandes nomes da música Católica do Brasil e do Grupo Italiano Gen Rosso e das Catequeses que eram realizadas na quadra da Escola de Samba Mocidade Independente de Padre Miguel e da Peregrinação que saiu da Central do Brasil até Copacabana.

Não teve tempo ruim, com chuva, sol, frio, calor, neblina ou poeira, nada disso servia de empecilho para nós participantes da Jornada. Na verdade, isso a tornava a JMJ ainda mais emocionante. 

Os peregrinos viram nos Padres, nos Bispos, nos Cardeais, no Papa, em si mesmo e nós demais, a pessoa de Cristo. Muitos acreditam que Papa Francisco será o "Novo São Francisco" que irá restaurar a Igreja de Cristo. Por Josivan Ribeiro


 

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!