Labels

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Diocese de Paulo Afonso e a Jornada Mundial da Juventude, tempo de conversão e encontro com Deus

Ide e fazei discípulos entre todas as nações! (cf. Mt 28, 19) 

Depois de 24 anos longe da América do Sul, o fim da espera veio em Madri, com o anúncio do Papa Bento XVI, durante o Angelus no domingo da Jornada espanhola. 

“Compraz-me agora anunciar que a sede da próxima Jornada Mundial da Juventude, em 2013, será o Rio de Janeiro. Peçamos ao Senhor, desde já, que assista com a sua força quantos hão-de pô-la em marcha e aplane o caminho aos jovens do mundo inteiro para que possam voltar a reunir-se com o Papa naquela bonita cidade brasileira. Queridos amigos, antes de nos despedirmos e no momento em que os jovens de Espanha entregam aos do Brasil a cruz das Jornadas Mundiais da Juventude, como Sucessor de Pedro confio a todos os presentes esta insigne incumbência: Levai o conhecimento e o amor de Cristo ao mundo inteiro. Ele quer que sejais os seus apóstolos no século XXI e os mensageiros da sua alegria. Não O desiludais! Muito obrigado!”. 

 “A Jornada Mundial da Juventude em Madrid renovou nos jovens o chamado a ser o fermento que faz a massa crescer, levando ao mundo a esperança que nasce da fé. Sede generosos ao dar um testemunho de vida cristã, especialmente em vista da próxima Jornada no Rio de Janeiro”. 

Aqui estamos para manifestar o nosso agradecimento, em primeiro lugar a Deus por nos ter concedido a graça de realizar este grande encontro de nações, em segundo lugar ao Papa-Emérito Bento XVI, pela escolha do nosso país como sede da JMJ, e em terceiro lugar ao nosso Papa Francisco por nos ter presenteado com sua presença, foi possível sentir com sua presença em meio aquela multidão, uma paz, um sorriso alegre com a força de animar os tristes. Foi a Jornada Mundial da Juventude capaz de levar multidões, não somente para o encontro com o Papa, mas para conduzir a cada um, em uma experiência única e tocante na vida do peregrino. 

Nos preparamos por vários meses nas paróquias da Diocese de Paulo Afonso, para juntos irmos entre todas as nações, foi uma experiência rica poder termos ido com uma frota de 7 ônibus e durante toda viagem, poder conhecer, trocar experiências, partilhar a vida, construir laços, visitar a Canção Nova. Receber a benção da Mãe Aparecida, padroeira do nosso País, e em seguida ser acolhido nos braços do Cristo Redentor, nas terras cariocas. 

Portanto, eis agora o nosso desafio, trazer para nossa realidade a concretude do foi vivenciado e como disse o nosso Papa Francisco na missa de encerramento da JMJ: “Ide, sem medo, para servir. Seguindo estas três palavras, vocês experimentarão que quem evangeliza é evangelizado, quem transmite a alegria da fé, recebe alegria. Queridos jovens, regressando às suas casas, não tenham medo de ser generosos com Cristo, de testemunhar o seu Evangelho. Na primeira leitura, quando Deus envia o profeta Jeremias, lhe dá o poder de «extirpar e destruir, devastar e derrubar, construir e plantar» (Jr 1,10). E assim é também para vocês. Levar o Evangelho é levar a força de Deus, para extirpar e destruir o mal e a violência; para devastar e derrubar as barreiras do egoísmo, da intolerância e do ódio; para construir um mundo novo. Jesus Cristo conta com vocês! A Igreja conta com vocês! O Papa conta com vocês! 

Que possamos todos juntos com ímpeto e fidelidade a Cristo “Irmos e fazer discípulos entre todas as nações”. Por Jorge Mário Carvalho Alcântara, seminarista da Diocese de Paulo Afonso.

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!