Labels

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

PREJUÍZO COM A DESONERAÇÃO DO IPI

Blog de blogdojoilsoncosta :BLOGDOJOILSONCOSTA, MANIFESTAÇÃO, SEXTA-FEIRA, 16 DE AGOSTO


Na Bahia, 80% dos municípios são dependentes do FPM. Com isso, apenas com a redução do IPI, os municípios deixaram de arrecadar mais de R$ 200 milhões em 2012. Com a continuidade desta política, os municípios baianos podem deixar de arrecadar, no ano de 2013, aproximadamente R$ 280 milhões. Para a presidenta da UPB, Maria Quitéria, “não é nada justo que, com tantas obrigações atribuídas aos municípios, sejam retirados mais recursos de quem tem mais demandas e fica com o menor percentual do bolo tributário”, defende.

 Valores que deixaram de chegar aos municípios da região em função da desoneração do IPI autorizado pela Presidente Dilma Rouseff, na soma dos anos 2012 e 2013: Adustina R$ 414.656,00; Antas R$ 497.588,00; Banzaê R$ 331.725,00; Cícero Dantas R$ 663.450,00; Caldas de Cipó R$ 414.656,00; Euclides da Cunha R$ 912.244,00; Fátima R$ 497.588,00; Glória R$ 414.656,00; Heliópolis R$ 414.656,00; Itapicuru R$ 663.450,00; Jeremoabo R$ 746.382,00; Nova Soure R$ 580.519,00; Olindina R$ 580.519,00; Paripiranga R$ 580.519,00; Paulo Afonso R$ 1.326.901,00; Pedro Alexandre R$ 497.588,00; Quijingue R$ 580.519,00; Ribeira do Amparo R$ 414.656,00; Ribeira do Pombal R$ 829.313,00; Sítio do Quinto R$ 331.725,00; Tucano R$ 912.244,00. Fonte: Blog do Joilson Costa

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!