Labels

terça-feira, 1 de outubro de 2013

De olho na política nacional

Os irmãos Cid e Ciro Gomes decidem ir para o PROS

Cid Gomes fala com políticos que deixaram o PSB antes de anunciar o partido ao qual serão afiliados (Foto: Gabriela Alves/G1) 
Cid fala com políticos que deixaram o PSB antes de anunciar o partido ao qual serão afiliados (Foto: Gabriela Alves/G1)

O governador do Ceará, Cid Gomes, seu irmão e secretário estadual de Saúde Ciro Gomes e todo grupo político que eles lideram, confirmaram nesta terça-feira que irão para o recém-fundado Partido Republicano da Ordem Social (PROS). Eles haviam deixado o PSB na semana passada em virtude de não concordar com a decisão da executiva nacional sob a liderança do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, que resolveu deixar o Governo Federal por que Campos é pré-candidato a presidente e eles defedem a reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Além dos irmãos Gomes, vão assinar a ficha de filiação no PROS, o prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio, o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Zezinho Albuquerque, oito deputados estaduais, quatro deputados federais, 38 prefeitos e cerca de 300 vereadores.

Ministério Público Eleitoral é contra Rede de Sustentabilidade

O vice-procurador-geral eleitoral, Eugênio Aragão, enviou nesta terça-feira parecer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no qual se posiciona contra o registro do partido Rede Sustentabilidade, com o qual a ex-senadora Marina Silva pretende disputar as eleições presidenciais no ano que vem. O julgamento sobre o registro da nova legenda deve ser realizado pela Corte eleitoral na próxima quinta (3).

Segundo o parecer, o partido só tem 442 mil assinaturas de apoio, enquanto a lei exige 492 mil. Para o procurador, "constata-se que o ora requerente não obteve o número mínimo necessário de apoiamentos".

Marina mantém confiança
Na praça dos Três Poderes, Marina Silva recebe apoio de parlamentares para a criação da Rede Sustentabilidade (Foto: Nathalia Passarinho/G1)

Na praça dos Três Poderes, Marina recebe apoio de parlamentares para a criação da Rede  (Foto: Nathalia Passarinho/G1)

Apesar do voto contrário por parte do MP Eleitoral, a ex-senadora Marina Silva mantém a confiança de que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizará o registro da Rede. 

"Tenho confiança em Deus, na Justiça e no trabalho que fizemos, que foi um trabalho íntegro disse Marina.

Filho de José Alencar se filia ao PMDB

O empresário Josué Gomes da Silva (centro) durante ato de filiação ao PMDB  (Foto: Fabiano Costa / G1) 
O empresário Josué (centro) durante ato de filiação ao PMDB (Foto: Fabiano Costa / G1)

Herdeiro do ex-vice-presidente da República José Alencar, o empresário mineiro Josué Gomes da Silva se filiou nesta terça-feira ao PMDB. O ingresso do presidente da empresa têxtil Coteminas no partido reuniu dirigentes e parlamentares em uma concorrida solenidade na sede nacional da legenda, em Brasília.

Uma das principais lideranças empresariais do país, Josué Gomes da Silva disse que tomou gosto pela política com o pai, que morreu em 2011 em razão de um câncer. Fundador da Coteminas, um dos maiores grupos têxteis do país, José Alencar foi vice do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante os dois mandatos do petista.

Josué é cotado para ser candidato a vice-governador na chapa liderada pelo ministro Fernando Pimentel (PT), porém, ele confirmou que não pretende sair candidato ano que vem, mais como sua filiação foi dentro do prazo limite, a possibilidade é grande.

Serra fica no PSDB

O ex-governador de São Paulo José Serra anunciou nesta terça-feira  em sua conta pessoal no Facebook, que vai permanecer no PSDB. O tucano vinha sendo sondado para ingressar no PPS para se candidatar à Presidência no ano que vem, na mensagem, Serra diz que sua prioridade é "derrotar o PT" e que o PSDB será a "trincheira adequada para lutar por esse propósito". Ele não mencionou se pretende indicar seu nome no partido para concorrer à Presidência. Dentro do PSDB, o mais cotado atualmente para concorrer é o senador Aécio Neves (MG), presidente do partido. Fonte: G1

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!