Labels

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Banzaê: Vereador Adriano faz denuncia contra diretor escolar Karivaldo Bitencourt


Na última Segunda-feira (11), o Vereador Adriano Souza (Adriano da Queimada), compareceu ao Gabinete do Ministério Público da comarca de Ribeira do Pombal, onde assinou o TERMO DECLARATÓRIO fazendo uma denuncia contra o atual Diretor da escola Municipal Abraão de Souza (Queimada Grande), Karivaldo Bitencourt, segundo Adriano, "o mesmo estaria cobrando para os usuários terem direito a Internet na Escola e que o sinal esta sendo levando pra sua residência".

Ainda na última segunda-feira, Adriano usou a Tribuna da Câmara de Vereadores para relatar o fato e disse que procurou há mais de 2 meses o secretário municipal de Educação, Galileu Gama, e o mesmo não adotou nenhum tipo de medida para solucionar tal problema, e por essa razão ele pediu ao presidente da Casa Legislativa, presidente Armando Júnior (Dedé), que o convocasse para dar as devidas explicações numa Sessão Ordinária da Câmara.

Segundo Adriano, é inadmissível um diretor de escola apropriar-se de um programa público em beneficio próprio, o pior é saber que o Gestor Municipal de Educação sabia dos fatos e nada fez, para ele, o município de Banzaê e principalmente a Comunidade Queimada Grande, precisa de uma resposta urgente.

Aguardamos um comunicado oficial por parte da Secretaria Municipal de Educação em nome do senhor secretário Galileu Gama e por parte da instituição de ensino Abrão de Souza por parte do senhor Karivaldo Bitencourt. Nota do vereador Adriano de Souza

Baseado na portaria 520 de 27 de Dezembro de 2012 do Ministério das Comunicações no Art. 1º Parágrafo único.

O Programa GESAC, gerido pelo Ministério das Comunicações, oferece, de forma gratuita, o acesso a serviços de conexão à internet, com o objetivo de promover a inclusão digital e social, bem como para incentivar ações de governo eletrônico para a população.

E o Art. 4º diz: O Programa destina-se à população atendida pelas seguintes Instituições Beneficiárias:

I - unidades do serviço público, como escolas, telecentros, instituições públicas de saúde e de assistência social, localizadas em áreas rurais, remotas, urbanas em situação de vulnerabilidade social e de fronteira ou de interesse estratégico.

II - órgãos da administração pública localizados em municípios com dificuldades de acesso a serviços de conexão à internet em banda larga.

III - entidades privadas sem fins lucrativos, por meio das quais seja possível promover ou ampliar o processo de inclusão digital. Em se tratando da Comunidade Queimada Grande existe pelo menos 5 estabelecimentos aptos a usarem dos serviços de INTERNET pelo PROGRAMA GOVERNO ELETRÔNICO- SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO - GONSEC, são eles: Escola Municipal; Creche Municipal; Posto de Saúde; Casa de Artesanato; Fabrica de beneficiamento da Castanha.

Estes estabelecimentos necessitam do acesso à INTERNET, para melhor atender à população, oferecendo as seguintes condições:

INCLUSÃO SOCIAL - Acesso ao conhecimento, conveniência na obtenção de serviços, pesquisas, entre outras. Pela natureza gratuita da maioria dos conteúdos, a internet proporciona uma inclusão social e digital sem precedentes.

ELIMINAÇÃO DE FRONTEIRAS - Nunca se teve tanta liberdade de locomoção pelo Globo, embora virtual, com a internet pode-se ir onde deseja.

CONVENIÊNCIAS - Serviços mais rápidos, fáceis, como ir ao Banco com apenas um click, etc.

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!