Labels

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Em evento do PSD, vice-governador Otto Alencar é indicado pré-candidato a senador na chapa do PT

Otto diz estar em 'plena forma' e declara: 'Estou apaixonado pelo Senado'
 Wagner e Otto chegaram juntos a evento que formalizou o apoio do PSD ao PT

Em evento realizado no dia de hoje na sede da UPB (União dos Prefeitos da Bahia) em Salvador, o PSD sob a liderança do vice-governador e secretário estadual de Infraestrutura Otto Alencar, formalizou apoio oficial a candidatura do secretário estadual da Casa Civil e escolhido pelo governador Jaques Wagner para ser o candidato do PT em 2014, deputado federal licenciado Rui Costa, e indicou o nome de Otto como pré-candidato a senador do partido na chapa petista.

Otto

Otto diz que será 'senador vereador' e defende maior distribuição de recursos: 'Brasil não é DF'
Otto discursando no evento

Protagonista do evento, Otto Alencar disse que pretende ser um “senador vereador” a partir de 2015, com o objetivo de liderar um movimento em favor da mudança da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e contra a atual distribuição de recursos arrecadados pelo governo federal. “Não há a menor condição de o Brasil continuar com o sistema federativo atual. É uma divisão perversa, que coloca os prefeitos em romaria. O Brasil não é Brasília”, discursou o postulante ao Senado. 
 
Otto contou que já pretendia disputar uma vaga de senador em 2010, quando deixou o posto de conselheiro no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), mas acabou como vice-governador na chapa que reelegeu Wagner, à época pelo PP. 
 
Ao falar sobre o evento, o vice-governador disse que se tratava de “uma reunião de todos os partidos da base”. 
 
Rui
 
Rui Costa elogia 'Cabeça Branca' e valoriza suplência do Senado, ao lembrar Gleisi Hoffmann
 Candidato petista, Rui Costa, discursando no evento
 
Derramando elogios a Otto, o candidato petista disse, “sei o quanto você cativou essas pessoas ao longo dos anos, Otto, e o quanto elas queriam que você fosse candidato a governador. Mas você se mostrou um homem de projeto coletivo, que não deixa a vaidade tomar conta da cabeça”, afirmou. Ao comentar o planejamento dos próximos meses, o  candidato petista anunciou uma caravana pelo interior do estado em janeiro. “Já combinei com o Cabeça Branca, Otto, e com o outro cabeça branca "Wagner”, brincou Rui Costa em sua fala.

Wagner
 
Wagner afirma que não será candidato a nada e crê que os 'azuis votarão no vermelho' 
Governador Wagner chegando ao evento
 
No uso da palavra, o governador anunciou que não disputará nenhum cargo em 2014, vai terminar o  mandato e se Dilma chama-lo pra coordenador a campanha, ele vai trabalhar com ela”, declarou. 
 
O chefe do Executivo baiano falou sobre os motivos de se aliar em 2010 a Otto, antigo adversário político, e a expectativa de trazer o eleitorado “ottista” para a campanha do seu candidato a governo, o petista Rui Costa. “Como técnico do time, eu tinha que trazer os melhores jogadores do lado de lá. [...] Os vermelhos vão votar no azul e espero que os azuis votem no vermelho”, clamou. 
 
Sobre o cargo de candidato a vice-governador onde a disputa esta entre o PDT e o PP, Wagner pontuou que o partido que não indicar o vice na chapa, poderá indicar o suplente de Otto na disputa eleitoral, porém, a ideia de suplência foi descartada ainda no evento pelo pré-candidato do PDT, deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo.
 
Além de Wagner, Rui Costa e Marcelo Nilo, marcaram presença no evento os presidentes estaduais do PR, José Rocha; do PDT, Félix Mendonça Jr. e do PTB, Jonival Lucas, os caciques do PP baiano, os deputados federais João Leão e Mário Negromonte não foram ao evento, mas foram representados pelos filhos, os deputados estaduais Cacá Leão e Mário Negromonte Jr. Fonte e Fotos: Bahia Notícias

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!