Labels

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Família e amigos se despedem de Marcelo Déda em cremação na Bahia

Cremação de Marcelo Déda, governador de Sergipe, em Salvador (Foto: Maiana Belo/G1) 
Cremação de Marcelo Déda, governador de Sergipe, em Salvador (Foto: Maiana Belo/G1)
O corpo do governador de Sergipe, Marcelo Déda, foi levado para a cremação em cerimônia que ocorreu no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador, por volta das 17h desta terça-feira (3). O governador da Bahia, Jaques Wagner, o senador do PT, Humberto Costa, e o cunhado do político sergipano, o desembargador Edson Ulisses, fizeram homenagens com breves discursos sobre a personalidade de Déda.

As cinzas ficam prontas em dois dias e serão levadas para Aracaju. O momento de reflexão, após descida do caixão, foi acompanhada pela música "Oração ao Tempo", de Caetano Veloso.

Velório durante esta terça-feira

Lula compareceu ao velório de Marcelo Déda, em Aracaju (Foto: Marcelle Cristinne/ASN) 
Lula compareceu ao velório de Marcelo Déda, em Aracaju (Foto: Marcelle Cristinne/ASN)

Durante a missa, o ex. presidente Lula fez um discurso, se mostrou orgulhoso com a trajetória construída pelo companheiro de partido e foi aplaudido. "Você não nos deve nada, Dedinha. Nós lhe seremos eternamente gratos", afirmou o ex-presidente.

Presente também ao velório, a presidente Dilma Rousseff  disse que perdeu "um grande amigo" e que Déda "fará falta".

Velório de Marcelo Déda será aberto ao público até o meio-dia desta terça-feira (3) (Foto: Marina Fontenele/G1) 
Velório de Marcelo Déda foi aberto ao público até o meio-dia desta terça-feira (3) (Foto: Marina Fontenele/G1)
Cortejo segue pelas ruas de Aracaju  (Foto: Ascom/Secom) 
Cortejo com corpo nas ruas de Aracaju (Foto: Ascom/Secom)

 Além da presidente e do ex-presidente Lula, participaram do velório o governador em exercício de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB), o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), os governadores da Bahia, Jaques Wagner, do Ceará, Cid Gomes, do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, e do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral. Os ministros José Elito Siqueira (Segurança Institucional), Helena Chagas (Comunicação), Eleonora Menicucci (Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres), José Eduardo Cardozo (Justiça), Aloizio Mercadante (Educação) e Tereza Campello (Desenvolvimento Social) também participaram da cerimônia de despedida de Déda.

Homenagem
Edvaldo e Eliane Aquino cantam ‘Eu sei que vou te amar’ para Déda (Foto: Barreto) 
Edvaldo e Eliane Aquino cantam ‘Eu sei que vou te amar’ para Déda (Foto: Barreto)

Mais cedo, o ex-prefeito de Aracaju Edvaldo Nogueira e a viúva de Marcelo Déda, Eliane Aquino, reuniram os amigos e cantaram no velório do governador de Sergipe que está sendo realizado no Palácio-Museu Olímpio Campos.

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!