Labels

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Falta de água em São João da Fortaleza


Depois de meses com problema no abastecimento de água no distrito de São João da Fortaleza (Buracos) em Cícero Dantas, os moradores continuam lamentando por uma solução urgente. Segundo os moradores há oito meses, o drama da falta de água para muitos moradores tem causado um verdadeiro descontentamento. 

Na região de São João da Fortaleza está a adutora do projeto Tucano, que retira uma enorme quantidade de água e que abastece vários municípios do semiárido baiano. No entanto, sofre com a falta de água. A situação já foi motivo de debates entre o meio político, mas decisão mesmo pouco foi tomada. Enquanto isso, os moradores do distrito vêm sofrendo com um problema de anos e anos. 

O abastecimento da comunidade de São João da Fortaleza se dá através de uma bomba que sai do povoado Juá, numa vazão pequena demais, que não dá para abastecer todas as residências da comunidade. Outro problema é o extravio desta mesma água até chegar ao seu destino, o que enfraquece totalmente a distribuição. O resultado é que a água chega para algumas casas e outras nem sinal do líquido preciso. 

Há cerca de três meses, acordo entre Embasa, Cerb e a prefeitura de Cícero Dantas foi firmado no intuito da empresa assumir totalmente a distribuição da água na comunidade, que passaria ser pago pelos moradores e para isso muitos reparos deverão ser realizados e adotados na comunidade. 

Na quarta-feira, 1º de janeiro 2014, moradores de São João da Fortaleza resolveram ocupar a casa onde fica a caixa de distribuição de água da Embasa no povoado e exigir providências, pois segundo os moradores, até o momento nada foi feito pela empresa para resolver o problema da água na comunidade. 

O cidadão Policarpo Moreira Gama destaca o porquê da manifestação, afirmando ser uma vergonha a comunidade abastecer outros municípios e os moradores do povoado ficarem sem água. Joselito Cerqueira dos Santos, gerente da região de Alagoinhas, disse que a falta de ações mais emergentes por parte da Embasa é por conta das questões burocráticas e técnicas em que a empresa deve responder, como por exemplo: estudo técnico de implantação de tubos na área que será distribuída a água na comunidade e implantação de um centro de tratamento da água na localidade. Afirmou ainda que realmente foi realizado a cerca de três meses um acordo entre os órgãos competentes assumindo a Embasa a distribuição da água no povoado, mas que estas mudanças não acontecem de uma hora para outra, pois é necessário tempo para resolver os problemas da água na comunidade de São João da Fortaleza. Por Rádio Regional AM de Cícero Dantas.

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!