Labels

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

PDT e PP ficam e PR entra no troca-troca do Governo Wagner

Wagner finaliza novo secretariado antes do Bonfim; saiba quem deve ficar e quem deve sair 
 Wagner na Lavagem do Bonfim 2013 (Foto: Manu Dias/GOV-BA)

No troca-troca do governo Jaques Wagner, PDT e PP vão ficar com as mesmas secretarias e o PR do ministro dos Transportes, César Borges, vai assumir a Secretaria de Turismo em substituição a Domingos Leonelli que deixou o cargo por orientação do seu partido, o PSB da senadora e pré-candidata a governador Lídice da Mata, veja:

A ex. vereadora de Salvador e irmã do deputado federal e presidente estadual do PDT Félix Júnior, Andréa Mendonça, será  secretária de Ciência e Tecnologia (SECTI), no lugar de Paulo Câmera, que voltará a Assembleia Legislativa e concorrerá a reeleição no pleito deste ano.

No lugar de Eduardo Salles que concorrerá a uma vaga de deputado estadual no pleito deste ano, o PP sob a liderança do deputado federal e presidente estadual Mário Negromonte, indicou o nome do ex. deputado federal Jairo Carneio para assumir o cargo de secretário de Agricultura.

Na pasta do Turismo, o PR indicou o vice-presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), Pedro Galvão, para assumir o cargo de secretário.

O troca-troca no PT

No partido do Governador, este sacramentado que Cícero Monteiro, deixa Desenvolvimento Urbano (SEDUR) e entra em Relações Institucionais (SERIN); Eduardo Coppello, atual chefe de gabinete da Sedur, passa a ser secretário; Cézar Lisboa deixa a SERIN para o Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (SEDES), no lugar de Moema Gramacho, pré-candidata a deputada federal e Washington Couto, também chefe de gabinete, assume a Saúde no lugar de Jorge Solla, outro pré-candidato a Câmara Federal.

Wagner confirmou que os secretários Rui Costa da Casa Civil e candidato do partido ao governo e Robinson Almeida da Comunicação, pré-candidato a deputado federal também, só deixarão o primeiro escalão na data-limite estabelecida pela Justiça Eleitoral: 5 de abril.

Outro que só deixará o cargo de secretário estadual na data limite, é o vice-governador e secretário de Infraestrutura Otto Alencar (PSD), o mesmo esta confirmado como candidato a senador do grupo liderado pelo Galego. Fonte: Bahia Notícias

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!