Labels

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Monte-santense ‘rouba cena’ em solenidade de entrega de moradias na cidade

Do momento da chegada do Governador da Bahia, do vice-governador e da comitiva à cidade de Monte Santo – BA, até a solenidade de entrega das chaves aos contemplados do Programa Minha Casa, Minha Vida, tudo ocorreu de forma tranquila, aliás, os governantes do Estado foram recepcionados por uma grande quantidade de pessoas com faixas e agradecimentos e de cobranças também, no campo de pouso e decolagem de aviões de pequeno porte e no conjunto habitacional, na manhã desta sexta-feira, 07.

Mas no momento do discurso do governador Jaques Wagner, no conjunto residencial “Serra da Santa Cruz”, um monte-santense ‘roubou a cena’ do evento: Zé do Lício, ex-candidato às pastas de Prefeito, Vereador, no Município, e até Deputado, conseguiu se destacar em meio à multidão e as lideranças presentes. Zé do Lício subiu ao palco no instante em que Wagner iniciou seu discurso.

Por um minuto e trinta segundos, sem direito ao uso de microfone – porque nem mesmo os deputados e outros políticos conseguiram, em virtude do curto prazo de tempo para a ocasião, o monte-santense fez reclamações da administração do Estado diante da situação da fome, sede, desemprego, saúde, educação, entre outros casos que, para o reclamante, se mantém na Bahia.

Inicialmente a manifestação de Zé do Lício foi aplaudida, mas seu discurso ganhou rapidamente vaias de boa parte do público presente.

De forma tranquila, o governador e toda a comitiva que estava sobre o palanque o ouviram. Após o desabado de Zé do Lício, Jaques Wagner destacou a importância da Democracia, ressaltando que a reclamação é um Direito garantido pela Constituição, mas o ato do manifestante não resolve nenhum dos problemas apontados, pois é preciso formalizar um projeto sobre os problemas e encaminhar ao Estado, conforme foi sugerido.  Fonte: Euclides da Cunha.com

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!