Labels

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Universidade Federal no Nordeste da Bahia


Um grupo formado pela advogada Maria Andrade, pelo ex-vereador de Cruz das Almas Josoaldo Santana, pelo bioquímico Noedson Cruz Lima, pela vereadora de Heliópolis Ana Dalva (PPS) e pelo professor Landisvalth Lima sonhou com a criação da Universidade Federal do Sertão Nordestino, em maio de 2012. O grupo recebeu o apoio do professor Marcos José, do atual vereador Washington Matos, do sr. Enoque Xavier, do ex-vice-prefeito Gilmar Santos, Herivaldo Alves Moreira e outros.


O grupo colocou na Internet o portal com as propostas debatidas em Cícero Dantas, Fátima e Heliópolis. Ocorre que a região do Sisal também quer sua universidade. Também o litoral norte da Bahia gritou por uma instituição federal de nível superior. Então, pensaram na união das três ideias e nasceu a Universidade Federal do Nordeste da Bahia – UFNB, e nesse sentido já aconteceram reuniões em Itiuba e Serrinha.


Para explicar a unificação e iniciar a mobilização pelo recolhimento de cerca de 1 milhão de assinaturas para acelerar a implantação do Universidade Federal do Nordeste da Bahia (UFNB) haverá uma reunião em Ribeira do Pombal, dia 20 de Fevereiro, às 19 horas na Câmara Municipal daquele município. No dia 22 de fevereiro será a vez de Heliópolis. A reunião terá início às 9 horas na Câmara Municipal. Dia 24 será a vez de Adustina, com reunião também na Câmara Municipal, às 9 horas.


Em outras cidades da região, as reuniões serão marcadas posteriormente. Gilmar faz questão de lembrar que é importante mobilizar as pessoas para o recolhimento das assinaturas nestas reuniões porque o tempo é curto e o projeto todo deverá estar concluído em Abril.


O local para instalação do campus administrativo da UFNB ainda não está sendo discutido. O que se sabe é que ela será multicampi, com unidades espalhadas estrategicamente para beneficiar os mais de 1 milhão e 600 mil habitantes dos municípios que compõem a mesorregião do Nordeste da Bahia, que engloba a Região do Sisal, o Literal Norte e o Semiárido Nordeste II.


A proposta apresentada por Gilmar Santos fala de seleção pelo Enem/Sisu para ingresso, com um período de Formação Geral, em torno de 2 anos, e formação profissional a partir daí. O projeto também já prevê cursos de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado). O sonho de uma Universidade na região, iniciado em 2012, parece que está mais próximo da realização, mas só com a união de toda sociedade civil é que teremos de fato a consolidação da Universidade Federal do Nordeste da Bahia (UFNB). Por Blog do Landisvalth

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!