Labels

domingo, 30 de março de 2014

F1 2014: Hamilton vence de ponta a ponta GP da Malásia

Hamilton comemoração pódio GP Malásia F1 (Foto: AFP)
Lewis Hamilton comemora vitória no pódio do GP da Malásia (Foto: AFP)

Um problema banal, no chamado "cachimbo da vela" do motor, foi o responsável por tirar Lewis Hamilton da corrida anterior, na Austrália. Mas neste domingo, nada pôde deter o piloto da Mercedes no GP da Malásia. Largando da ponta, o britânico imprimiu um ritmo forte e, com uma atuação impecável, não foi ameaçado em momento nenhum pelos adversários, recebendo a bandeira quadriculada com 17 segundos de vantagem sobre seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, que lidera o campeonato com 43 pontos. De quebra, Lewis ainda cravou a melhor volta da prova (1m43s066 na volta 53), anotando seu primeiro “Grand Chelem”, algo raro na categoria: pole, volta mais rápida e vitória liderando todas as voltas. Foi a sexta dobradinha da história da Mercedes, a primeira desde 1955 quando Juan Manuel Fangio e Piero Taruffi chegaram nas duas primeiras posições na Itália. O tetracampeão Sebastian Vettel se recuperou do abandono em Melbourne com uma atuação consistente que o levou ao pódio. Foi o 23º triunfo de Hamilton na carreira, igualando o brasileiro Nelson Piquet na 11ª posição do ranking de maiores vencedores da história da Fórmula 1.

Massa ignora Williams e segura Bottas

Mas o assunto mais comentado após a corrida no Circuito Internacional de Sepang não foi a vitória acachapante de Hamilton, muito menos a reação de Vettel, mas sim a polêmica envolvendo Felipe Massa e a Williams. Partindo de 13º, o brasileiro se beneficiou da ausência da chuva e conseguiu fazer uma corrida de recuperação para chegar na sétima colocação. Passou três na largada, ganhou outras posições durante a prova e nas voltas finais, foi avisado pela equipe pelo rádio: "Valtteri está mais rápido que você. Não o segure (...) Ele tem pneus melhores. Precisamos deixá-lo ir. Não o segure”. Uma mensagem que inevitavelmente remeteu ao famoso episódio do “Fernando está mais rápido que você”, do  GP da Alemanha de 2010 quando o brasileiro precisou ceder a vitória a Fernando Alonso na Ferrari. Mas dessa vez, o fim da história foi diferente. O brasileiro rebateu pelo rádio: "Ficando rápido", e respondeu na pista: pisou fundo, conteve as investidas do finlandês e assegurou o sétimo lugar. 

A Fórmula 1 já volta no próximo fim de semana com o GP do Bahrein, válido pela 3ª etapa da temporada 2014 Fonte: Globo Esporte.com

Veja tudo sobre o GP de hoje AQUI

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!