Labels

sexta-feira, 14 de março de 2014

Vai começar o Mundial 2014 de Fórmula 1


O final de semana será marcado pelo inicio do Mundial de Fórmula 1, a principal categoria do automobilismo mundial e que neste ano de 2014 contará com brasileiro Felipe Massa sendo o único representante e pilotando seu novo carro, a Williams depois de 8 anos na Ferrari.

A temporada 2014 será a 69ª temporada da F1 e será disputada em 19 Grandes Prêmios com o primeiro já na madrugada deste domingo (16 de Março), o GP da Austrália em Melbourne.

Felipe Massa é o Brasil


Após 8 anos de Ferrari, o brasileiro Felipe Massa assinou contrato de duas temporada com a tradicional equipe Williams,  prestes a completar 33 anos de idade, Massa já disputou 193 somando os anos de Sauber e Ferrari, venceu 11 corridas, são 36 pódios, 15 pole positions e 14 voltas mais rápida, sendo todas na equipe vermelha, ao longo da carreira ele já somou 816 pontos e foi vice-campeão da categoria em 2008 na equipe vermelha italiana também.

Das 11 vitórias do brasileiro, duas foram marcantes, o GP Brasil em 2006, quando terminou a primeira temporada na Ferrari sendo o terceiro colocado na classificação geral do mundial de Pilotos e a vitória no GP Brasil de 2008, quando não foi campeão mundial por que na última curva do autódromo de Interlagos em São Paulo, o inglês Lewis Hamilton pilotando uma Maclaren na época, conseguiu o quinto lugar na corrida e ficou com o título mundial, outra colocação ótimo de Massa em mundiais foi no ano de 2007 quando terminou com na quarta colocação.

Equipes e Pilotos 

 Click para visualizar

Grandes Prêmios


Regulamento 2014

Uma das mudanças no regulamento é a adoção de novos motores turbocomprimidos V6 de 1600 cilindradas.

Por questão de segurança, a Comissão da Fórmula 1 concordou com uma alteração nos regulamentos desportivos de 2013 e o fornecedor de pneus realizou uma sessão de três dias de testes no Bahrain. 

Cada piloto poderá escolher seu número, que pode variar entre 2 e 99, para servir como sua identificação ao logo de sua carreira no Campeonato. O número 1 será reservado para o campeão mundial em exercício, que poderá usá-lo se assim desejar. Se mais de um piloto escolher o mesmo número, a prioridade será dada ao competidor que tenha alcançado a melhor posição no Mundial do ano anterior.

Foi acordada entre os times uma penalização de cinco segundos para as infrações menores. A forma pela qual estas sanções serão aplicadas ainda está em discussão, para que estas sejam introduzidas junto ao novo regulamento.

Com o intuito de manter a disputa pelo título aberta até a última prova, a corrida final da temporada dará o dobro de pontos aos pilotos e construtores.

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!