Labels

domingo, 6 de abril de 2014

Em corrida histórica, Hamilton segura Rosberg para vencer GP do Bahrein de F1

Hamilton prova GP Bahrein F1 (Foto: AFP)
Lewis Hamilton brilhou e venceu o GP do Bahrein (Foto: AFP)

Por ser a 900ª corrida da Fórmula 1, o GP do Bahrein já tinha seu lugar reservado na história. Mas a prova deste domingo deverá ser lembrada também como a afirmação da "nova F-1". O que se viu neste domingo foi uma das corridas mais emocionantes dos últimos tempos na categoria. Em uma prova recheada de disputadas por todo pelotão da largada até a bandeirada, a Fórmula 1 deu uma bela resposta às enxurradas de críticas às novas regras. E sob os milhares de holofotes que iluminavam o primeiro GP noturno disputado em Sakhir, brilhou intensamente a estrela de Lewis Hamilton. Com os carros da Mercedes em um campeonato à parte, o britânico tomou a liderança do companheiro Nico Rosberg na largada, perdeu a ponta durante a prova e recuperou na parada dos boxes. Nas voltas finais, mostrou que não é campeão mundial à toa ao segurar o parceiro mesmo estando com pneus mais lentos (médios x macios). Mais que um triunfo, o resultado deste domingo foi uma mostra de força de Hamilton, em um duelo que promete se estender até o fim do ano pela taça de 2014. De quebra, o inglês chegou à 24ª vitória na carreira, passou Nelson Piquet e igualou a lenda Juan Manuel Fangio no top 10 dos maiores vencedores da categoria. Apesar da "derrota", Rosberg continua na liderança do campeonato, com 61 pontos contra 50 de Lewis.

Após a polêmica das ordens da Williams no GP da Malásia, Felipe Massa e Valtteri Bottas andaram próximos durante toda a corrida. Na maior parte da prova, a dupla disputou a terceira posição com Pérez e Hulk. Mas com uma estratégia de três pit stops contra dois dos demais pilotos do pelotão da frente, o brasileiro e o finlandês ainda se viram superados pelas RBR de Daniel Ricciardo, o quarto, e Sebastian Vettel, o sexto. A corrida ainda foi marcada pela inconsequente batida de Pastor Maldonado (Lotus) em Esteban Gutiérrez (Sauber). O venezuelano saída dos boxes e não tomou conhecimento do mexicano, que contornava normalmente a primeira curva, acertando em cheio a Sauber do rival, que capotou e demorou alguns segundos para se recuperar do susto.

Outros pilotos que brilharam neste domingo foram Sergio Pérez (Force India) e Daniel Ricciardo (RBR). O mexicano levou a batalha interna com o badalado Nico Hulkenberg e colocou pela primeira vez a Force India no pódio. Já o australiano, que largou em 13º por causa de uma punição, não tomou conhecimento do tetracampeão Sebastian Vettel e ainda passou Hulk para receber a bandeirada em quarto. Fernando Alonso e Kimi Raikkonen levaram uma discreta Ferrari à nona e décima posições, fechando a zona de pontuação.  Fonte: Globo Esporte.com

O próximo GP da temporada será o da China no dia 20 de Abril e veja tudo do GP de hoje AQUI

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!