Labels

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Especial Copa "Paixão de um Povo"


Depois de 12 anos, devido à interrupção por causa da Segunda Guerra Mundial, a Copa do Mundo voltava a ser disputada, e desta vez no Brasil

Para a Copa do Mundo de 1950, que contou com a participação de 13 seleções, foi construído o Maracanã, o maior estádio de futebol do mundo, porém, o que era pra ser a conquista da primeira taça para Seleção, a final histórica contra o Uruguai viu o maior desastre do futebol brasileiro na história. A Argentina, que achava que deveria ser a anfitriã da segunda Copa do Mundo na América do Sul, não participou em protesto, veja como foi:
 
 Os Campeões

A competição foi organizada com 4 grupos na primeira fase e uma fase final reunindo os 4 vencedores de cada grupo.


Seleções participantes: 13

Bolívia | Brasil | Chile | Espanha | Estados Unidos | Inglaterra
Itália | Iugoslávia | México | Suécia | Suíça | Paraguai
Uruguai
 

Seleção estreante: Das 13 Seleções que participaram do Mundial, apenas a Inglaterra foi estreante na ocasião.
 

Curiosidades:

Eliminatórias: 34 seleções
Classificados automaticamente: Itália (Última campeã) e Brasil (País Sede)
Sede: Brasil
Campeão: Uruguai - 2ª Copa
Jogos: 22
Gols: 88
Média de gols: 4,0
Público: 1.337.000
Média de público: 60.773
 
Artilheiro: Ademir (Brasil) - 9 gols

O Brasil : Vice-campeão
6 jogos | 4 vitórias, 1 empate e 1 derrota | 22 gols a favor e 6 gols sofridos | saldo de gols +16.
 
 Os vices campeões
 
Delegação Brasileira: Adãozinho, Ademir Menezes, Alfredo II, Augusto, Baltazar, Barbosa, Bauer, Bigode, Castilho, Chico, Danilo Alvim, Ely, Friaça, Jair Rosa Pinto, Juvenal, Maneca, Nena, Nílton Santos, Noronha, Rodrigues, Ruy, Zizinho, Técnico - Flávio Rodrigues Costa. 

Na primeira fase o Brasil classificou-se vencendo o México por 4x0, empatando em 2x2 com a Suíça, e vencendo por 2x0 a Iugoslávia. Na fase final a seleção brasileira obteve duas grandes goleadas, 7x1 pra cima da Suécia e 6x1 pra cima da Espanha, resultados que deram confiança absoluta no título. Porém, no último jogo contra o Uruguai, no qual o empate já daria o título ao Brasil, os brasileiros perderam por 2x1 em um episódio conhecido como "maracanaço". Muitos culpam o excesso de otimismo, e clima festivo que antecedeu ao jogo final, pela derrota brasileira.

Na véspera do jogo contra o Uruguai, o Brasil trocou a concentração no Joá pelo Estádio do Vasco da Gama, onde os jogadores não tiveram mais sossego com a presença constante de torcedores, jornalistas e políticos. 

Outras Curiosidades:

Na Copa do Mundo 1950 aconteceu a primeira participação da seleção inglesa, os "inventores do futebol", que haviam esnobado as edições anteriores. A participação inglesa foi um desastre, sendo eliminada na primeira fase, e perdendo por 1x0 para os Estados Unidos naquela que pode ser considerada a primeira zebra da história das Copas. Além desses jogos, os ingleses venceram o Chile por 2x0 e perderam para a Espanha por 1x0.

A Segunda Guerra impediu a realização das Copas de 1942 e 1946 e por pouco a de 1950. A Europa estava arrasada após o conflito que matou mais de 100 milhões de pessoas. Enquanto isso, os Estados Unidos e União Soviética surgiriam como as novas lideranças mundiais. Duas Alemanhas, duas Coréias.
  
O Brasil em 1950 e a Suíça em 1954 foram escolhidos como sedes por não terem sido atingidos pela Guerra. Vários países desistiram da Copa e apenas 13 participantes disputaram a segunda Copa na América do Sul.

Na final, os organizadores esqueceram de entregar o troféu para o capitão uruguaio. As regras novamente beneficiaram o anfitrião. Pela primeira vez haveria um quadrangular em vez de uma final. O favoritismo da seleção foi fermentado pela excelente campanha. Bastava um empate contra os desacreditados uruguaios após as goleadas de 7 a 1 na Suécia e 6 a 1 na Espanha.

A maior tragédia do futebol brasileiro foi presenciada por 174 mil pagantes e 50 mil penetras, que não acreditaram no título uruguaio, sacramentado pelo gol de Ghiggia aos 34min da etapa final.

Barbosa, goleiro do Vasco, foi responsabilizado pelo vice-campeonato e o uniforme branco substituído pelo amarelo.
  
Na próxima publicação do Especial Copa "Paixão de um Povo", vamos ficar por dentro da Copa do Mundo de 1954 na Suíça. Veja muito mais da Copa de 1950 AQUI
 
Ficha dos Jogos do Brasil

  Primeira Fase:

 
Brasil 4 x 0 México
Data: 24/junho/1950 Local: Maracanã (Rio de Janeiro) Árbitro: George Reader (Inglaterra) Gols: Ademir 32 do 1º tempo; Jair 11, Baltazar 17, Ademir 36 do 2º. BRASIL: Barbosa; Augusto, Juvenal; Eli, Danilo, Bigode; Maneca, Ademir, Baltazar, Jair, Friaça. MÉXICO: Carbajal; Zetter, Montemayor; Ruiz, Uchoa, Roca; Septien, Ortiz, Casarin, Perez, Velasquez.

Brasil 2 x Suíça 2
Data: 28/junho/1950 Local: Pacaembu (São Paulo) Árbitro: Ramón Azón (Espanha) Gols: Alfredo II 2, Fatton 16, Baltazar 31 do 1º tempo; Fatton 43 do 2º. BRASIL: Barbosa; Augusto, Juvenal; Bauer, Rui, Noronha; Alfredo II, Maneca, Baltazar, Ademir, Friaça. SUÍÇA: Stuber; Neury, Bocquet; Lusenti, Egginemann, Quinche; Tamini, Bickel, Friedlander, Bader, Fatton.
 
Brasil 2 x 0 Iugoslávia
Data: 1/julho/1950
Local: Maracanã (Rio de Janeiro)
Árbitro: Mervyn Griffiths (País de Gales)
Gols: Ademir 3 do 1º tempo; Zizinho 24 do 2º.
BRASIL: Barbosa; Augusto, Juvenal; Bauer, Danilo, Bigode; Maneca, Zizinho, Ademir, Jair, Chico.
IUGOSLÁVIA: Mrkusic; Horvath, Stankovic; Tchaikowsky I, Jovanovic, Djajic; Vukas, Mitic, Tomasevic, Bobek, Tchaikowsky II.
 
Quartas de Final:
Brasil 7 x 1 Suécia
Data: 9/julho/1950
Local: Maracanã (Rio de Janeiro)
Árbitro: Arthur Ellis (Inglaterra)
Gols: Ademir 6 e 36, Chico 39 do 1º tempo; Ademir 6 e 12, Andersson (pen.) 31, Maneca 40, Chico 43 do 2º.
BRASIL: Barbosa; Augusto, Juvenal; Bauer, Danilo, Bigode; Maneca, Zizinho, Ademir, Jair, Chico.
SUÉCIA: Svensson; Samuelsson, Erik Nilsson; Andersson, Nordahl, Gaerd; Sundqvist, Palmer, Jepsson, Skoglund, Stellan Nilsson.

Semifinal:
Brasil 6 x 1 Espanha

Data: 13/julho/1950
Local: Maracanã (Rio de Janeiro)
Árbitro: Reg Leafe (Inglaterra)
Gols: Ademir 13, Jair 18, Chico 31 do 1º tempo; Chico 11, Ademir 12, Zizinho 22, Igoa 26 do 2º.
BRASIL: Barbosa; Augusto, Juvenal; Bauer, Danilo, Bigode; Friaça, Zizinho, Ademir, Jair, Chico.
ESPANHA: Ramallets; Alonso, Gonzalvo II; Gonzalvo III, Parra, Puchades; Basora, Igoa, Zarra, Panizo, Gainza.

Final
Brasil 1 x 2 Uruguai

Data: 16/julho/1950
Local: Maracanã (Rio de Janeiro)
Árbitro: George Reader (Inglaterra)
Gol: Friaça 2, Schiaffino 26, Ghiggia 36 do 2º tempo.
BRASIL: Barbosa; Augusto, Juvenal; Bauer, Danilo, Bigode; Friaça, Zizinho, Ademir, Jair, Chico.
URUGUAI: Maspoli; Matias Gonzalez, Tejera; Gambetta, Obdulio Varela, Andrade; Ghiggia, Julio Perez, Miguez, Schiaffino, Moran.

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!