Labels

domingo, 29 de junho de 2014

Craques brilham no fim, e Holanda elimina o México com virada mágica

Sneijder Holanda e México (Foto: Agência Reuters) 
Sneijder (10), Memphis Depay e Huntelaar celebram: Holanda se supera no fim (Foto: Agência Reuters)
 
Ter craques em um time de futebol é essencial. Por mais que a existência deles provoque uma dependência complexa de resolver, é melhor contar com eles a seu favor. Foi na aposta nos pés desses jogadores que fazem a diferença que a Holanda saiu de campo neste domingo com a vaga nas quartas de final da Copa do Mundo. Com uma tática extremamente defensiva, passou sufoco, saiu atrás no placar, em belo gol de Giovani dos Santos, mas depois de viver intensamente o risco de eliminação, recuperou-se pelos pés de seu camisa 10, Sneijder, já aos 42 da etapa final, e selou a classificação com um pênalti sofrido por Robben nos acréscimos. Huntelaar fez a cobrança, perfeita. Tudo isso sob um forte sol na Arena Castelão, em Fortaleza. No fim das contas, vitória por 2 a 1 e classificação garantida para enfrentar Costa Rica ou Grécia nas quartas de final. Ao México, a dor de cair pela sexta vez seguida nas oitavas.

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!