Labels

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Especial Copa "Paixão de um Povo"


Assim como a anterior, a Copa de 94 foi decida nos pênaltis, porém, se a Copa de 1990 foi decidida com um pênalti no tempo normal, a Copa dos Estados Unidos foi a primeira a ser decidida na cobrança de pênaltis. Entretanto, o nível técnico melhorou e muito, ajudado pelo público recorde e pela mudança de 2 para 3 pontos para a vitória.

A Copa que teve público aplaudindo lateral, estádios cobertos e jogos com temperaturas escaldantes (46º em Dallas), também tinha Romário. Artilheiro da equipe, o "peixe" deu o passe para a classificação contra os donos da casa em pleno quatro de julho e fez até gol de cabeça contra os gigantes suecos.

Após 24 anos de jejum, o Brasil chegou ao Tetra sobre a Itália com a experiência de Taffarel, a defesa menos vazada, a sorte de Zagallo, a consagração da era Dunga e a má pontaria de Baggio, veja:

 Os Campeões

Seleções participantes: 24
Alemanha | Arábia Saudita | Argentina | Bélgica | Bolívia | Brasil
Bulgária | Camarões | Colômbia | Coreia do Sul | Espanha
Estados Unidos | Grécia | Holanda | Irlanda | Itália | Marrocos
México | Nigéria | Noruega | Romênia | Rússia | Suécia
Suíça

Seleções estreantes: 4 estrearam nesta edição(17%) - Arábia Saudita representando a Ásia, Grécia e Rússia representando a Europa e Nigéria representando a África.

Curiosidades


Eliminatórias: 131 seleções Classificados automaticamente: Alemanha (última campeã) e Estados Unidos (país sede)
Sede: Estados Unidos da América
Campeão: Brasil - TETRA
Jogos: 52
Gols: 141
Média de gols: 2,71
Público: 3.587.538
Média de público: 68.991
Artilheiros: Hristo Stoitchkov (Bulgária) e Oleg Salenko (Rússia) - 6 gols

O Brasil na Copa: Campeão
7 jogos | 5 vitórias e 2 derrotas | 11 gol a favor e 3 gols sofridos | saldo de gols +8

 Titulares da Seleção na conquista do Tetra


Delegação Brasileira: Taffarel, Jorginho, Ricardo Rocha, Ronaldão, Mauro Silva, Branco, Bebeto, Dunga, Zinho, Raí, Romário, Zetti, Aldair, Cafu, Márcio Santos, Leonardo, Paulo Sérgio, Müller, Ronaldo, Viola, Gilmar, Técnico - Carlos Alberto Gomes Parreira.

Dunga capitão da seleção ergui a taça do Tetra

A conquista do tetracampeonato pelo Brasil em 1994 foi marcada pelo espírito coletivo de um time com perfeição no aspecto tático.

A seleção brasileira venceu a Copa do Mundo de 1994 e tornou-se Tetra Campeão graças ao talento de dois grandes jogadores, Romário e Bebeto e também foram destaques Dunga, grande marcador e líder, Jorginho, lateral, e a dupla de zagueiros Aldair e Márcio Santos.

Comandavam a seleção brasileira o técnico Carlos Alberto Parreira e o Coordenador Técnico, Zagallo.

A seleção brasileira classificou-se em primeiro lugar em sua chave, vencendo a Rússia por 2 x 0, Camarões por 3 x 0 e empatou com a Suécia em 1 x 1.

Brasil e Estados Unidos jogaram nas oitavas de final um jogo duríssimo, onde o lateral Leonardo foi expulso por ter atingido deslealmente um jogador americano com uma fortíssima cotovelada no rosto, o Brasil venceu por 1 a 0, com um gol de Bebeto, marcado a 15 minutos do final.

O jogo entre Brasil e Holanda, nas quartas de final, foi um dos melhores jogos da Copa, o Brasil venceu por 3 x 2, com gols de Romário, Bebeto e do lateral Branco.

Na semifinal, o Brasil jogou novamente contra a Suécia, vencendo dessa vez por 1 x 0, apesar de ter jogando muito melhor.

A final foi disputada entre Brasil e Itália, que repetiram a final da Copa de 1970, duas nações que já tinham conquistado 3 títulos da Copa do Mundo da FIFA e o time vencedor seria tetracampeão. Mas o que seria, em teoria, a partida ideal, foi um jogo duro e sem brilho. Não houve chance de gol e ao final de 90 minutos regulamentares e de 30 minutos de prorrogação, Brasil e Itália não tinham saído do 0 a 0, levando a decisão da Copa para os pênaltis. Foi a primeira vez na história da Copa do Mundo, em que a Copa terminou na disputa de pênaltis. O Brasil venceu a Itália por 3 x 2 depois que o ídolo da Itália, Roberto Baggio, bateu o pênalti por cima do travessão dando o título ao Brasil.

 
Romário melhor jogador da Seleção na Copa

Outras Curiosidades

Diego Maradona, o herói da Argentina de 1986, não passou no teste antidoping e foi expulso da Copa do Mundo. Se jogasse a primeira fase inteira, Maradona passaria o alemão Seeler e o polonês Zmuda como o jogador que mais atuou em Copas do Mundo.

O colombiano Andres Escobar foi assassinado dias depois de voltar ao seu país, por marcar um gol contra na disputa com os Estados Unidos.

O jogo, Estados Unidos x Suíça foi o primeira da história dos Mundiais a ser disputado em um estádio coberto. No caso, o Pontiac Silverdome de Detroit.

Para atender às necessidades da TV europeia, muitos jogos foram iniciados entre 11h30 e 13h30.

 Homenagem a Senna

A conquista do Tetra foi marcada também pela grande homenagem feita ao ídolo brasileiro da Fórmula 1, Ayrton Senna do Brasil, Tri Campeão Mundial da categoria e que faleceu num acidente trágico na corrida de San Marino no dia 01 de Maio daquele ano.

Na próxima publicação do Especial, vamos ficar por dentro da Copa de 1998 na França, aguardem. Curta muito mais da Copa de 94 AQUI

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!