Labels

sábado, 7 de junho de 2014

Especial Copa "Paixão de um Povo"


Primeira Copa do Mundo realizada em dois países diferentes, primeiro Mundial disputado na Ásia, primeira Copa do Século XXI, primeira vez que uma seleção da Ásia chegou às semifinais, sendo a primeira Copa que um time fora do eixo Euro-americano chegou entre os quatro primeiros, veja como foi a Copa 2002 realizada na dobradinha Japão/Coreia do Sul:

 Festa de Campeã


Seleções participantes: 32
África do Sul | Alemanha | Arábia Saudita | Argentina | Bélgica Camarões | Brasil | China | Coreia do Sul | Costa Rica Croácia | Dinamarca | Equador | Eslovênia | Espanha Estados Unidos | França | Inglaterra | Irlanda | Itália | Japão México | Nigéria | Paraguai | Polônia | Portugal | Rússia Senegal | Suécia | Tunísia | Turquia | Uruguai

Seleções estreantes: 4 Seleções estrearam neste edição (17%) - China representando a Ásia, Equador representando a América do Sul, Eslovênia representando a Europa e Senegal representando a África.

Curiosidades


Eliminatórias: 198 seleções Classificados automaticamente: França (última campeã), Coreia do Sul e Japão (países sede)
Sedes: Coreia do Sul e Japão
Campeão: Brasil - PENTA
Jogos: 64
Gols: 161
Média de gols: 2,52
Público: 2.705.134
Média de público: 42.268
Artilheiro: Ronaldo (Brasil) - 8 gols

O Brasil na Copa de 2002: Campeão
7 jogos | 7 vitórias | 18 gols a favor e 4 gols sofridos | saldo de gols +14


Delegação Campeã

Delegação Brasileira: Marcos, Cafu, Lúcio, Roque Júnior, Edmilson, Roberto Carlos, Ricardinho, Gilberto Silva, Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho, Dida, Belletti, Anderson Polga, Kléberson, Júnior, Denílson, Vampeta, Juninho Paulista, Edílson, Luizão, Rogério Ceni, Kaká. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Depois de dois anos parados por lesões, Ronaldo sagrou-se o Artilheiro daquela Copa com 8 gols, tendo marcado os dois da Final e foi também o melhor jogador do mundo naquele ano

O primeiro adversário do Brasil foi à Turquia, que surpreendeu ao abrir o marcador. Mas Ronaldo, eleito duas vezes o melhor jogador do mundo pela FIFA, empatou o jogo. Luizão jogou-se na área em um falta sofrida fora dela. O juiz assinalou pênalti e Rivaldo garantiu a vitória na estreia por 2 a 1.

Na segunda rodada, o adversário foi a frágil equipe da China. O Brasil venceu por 4 a 0, com gols de Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho e Roberto Carlos. No jogo seguinte, a Costa Rica também não foi páreo para Ronaldo e companhia e a seleção fez 5 a 2. Ronaldo marcou duas vezes, enquanto Edmilson, Rivaldo e Júnior completaram a goleada. 

O Brasil encerrava a primeira fase invicto, com três vitórias, 11 gols marcados e apenas três sofridos. O oponente das oitavas de final seria a Bélgica, segunda colocada do grupo H.
 
O jogo não foi fácil e os brasileiros contaram com uma “ajudinha” do árbitro, que anulou erroneamente um gol belga alegando falta em cima de Roque Júnior. A seleção com gols de Rivaldo e Ronaldo, venceu por 2 a 0.

O adversário das quartas de final foi à tradicional Inglaterra, cotada como uma das favoritas ao título. Logo no começo da partida, após uma falha do zagueiro Lúcio, o atacante Michael Owen aproveitou e abriu o placar para os ingleses. O talento de Ronaldinho Gaúcho apareceu para reverter à situação. Ronaldinho deu excelente passe para Rivaldo, que empatou a partida. No segundo tempo Ronaldinho Gaúcho cobrou uma falta perfeita, encobriu o goleiro inglês, e colocou a bola no ângulo, marcando o gol que garantiria o lugar da equipe brasileira nas semifinais. Apesar de bela atuação, Ronaldinho quase estragou tudo ao ser expulso, mas a equipe conseguiu segurar o resultado.

Na semifinal, o Brasil voltaria a enfrentar a Turquia. O adversário queria a vingança da derrota na estreia, mas acabou surpreendido pelo gol solitário de Ronaldo. O Brasil, em mais um vitória suada, estava em sua terceira decisão seguida de Copa do Mundo, repetindo o feito das Copas do Mundo de 1994 e 1998.

O confronto final seria contra a Alemanha, que também fez grande campanha, tendo no goleiro Oliver Kahn e no atacante Miroslav Klose seus pontos fortes, e assim como os brasileiros, chegou à Ásia muito criticada. No jogo, quem brilhou foram os brasileiros Rivaldo e Ronaldo, que levariam o Brasil ao seu quinto título mundial.

Depois de um primeiro tempo sem gols, o Brasil se impôs na segunda etapa e, após uma boa jogada no ataque, Rivaldo bateu para o gol, Kahn não segurou e Ronaldo abriu o marcador. A dupla voltaria a decidir 12 minutos depois. Rivaldo fez um excelente corta luz e a bola sobrou para Ronaldo que mandou a bola para o fundo da rede de Kahn, 2 a 0. Ronaldo, artilheiro da Copa com oito gols.

O capitão Cafu erguendo a Taça de Campeão

Outras Curiosidades

O capitão da seleção brasileira, Cafu, além de erguer a taça de campeão, tornou-se o único jogador a disputar três finais seguidas de Copa do Mundo.

Ronaldo fez oito gols na competição e se igualou a Pelé em numero de gols em copas, 12 gols cada. Após 40 anos o Brasil tem o maior goleador da competição, quatro anos depois na Alemanha em 2006, Ronaldo marcou mais três gols e tornou-se o maior artilheiro de todas as Copas com 15 gols, com 14 gols na história, o alemão Miroslav Klose poderá passar Ronaldo nesta Copa.

A Coreia chegou até as semifinais em atuações desastrosas dos árbitros nas contestadas vitórias sobre a Itália nas oitavas e a Espanha nas quartas de final.

Desde 1966 a seleção campeã, no caso a França, não era eliminada na primeira fase. A equipe de Zidane não fez um gol sequer e acabou em último lugar em seu grupo. 

Portugal e Argentina que chegaram como favoritos também foram eliminados na primeira fase.

Pela primeira vez Brasil e Alemanha fizeram uma partida em Copas do Mundo e desde 1950, Brasil ou Alemanha estiveram presentes em todas as finais, exceto na final de 1978 decidida entre Argentina e Holanda. 

O Brasil esteve nas finais de (1950, 1958, 1962, 1970, 1994, 1998 e 2002) e a Alemanha em (1954, 1966, 1974, 1982, 1986, 1990 e 2002).

Essa foi a primeira Copa em que pelo menos uma das seleções da Europa, América do Sul, América do Norte, Ásia e África chegaram às oitavas de final.

Na próxima publicação do Especial, vamos ficar por dentro da Copa de 2006, o segundo Mundial da história na Alemanha, aguardem. Curta muito mais da Copa de 2002 AQUI

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!