Labels

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

SOS BA 388: Um ano se passou e nenhuma promessa cumprida


 Hoje (20/08), faz um ano que o site POMBAL ALERTA publicou uma matéria sobre o protesto que paralisou a BR 110, no entroncamento com o povoado Nova Esperança, que liga a BR 110 à BA 388 no dia 16/08/2013.


Na época os manifestantes exigiam a reforma da BA 388, já que a via se encontrava intrafegável, devido à grande quantidade de buracos. O movimento que teve início as 06:00hs terminou por volta das 09:30hs, formando um congestionamento de 25 quilômetros.

Durante o protesto houve dois momentos tensos, sendo que num deles os índios Kirirís que atuavam bloqueando o entroncamento do povoado Araçás, ameaçaram ir até a BR 110, tomando o controle do movimento, mas no final um acordo entre manifestantes e representantes do governo, permitiu a liberação da via.

Acordo

Com a chegada da Deputada Estadual Fátima Nunes (PT), as negociações progrediram, já que a Deputada, na condição de uma legítima representante do governo, realizou alguns telefonemas para órgãos estaduais, que se comprometeram com a reforma da via no início do ano 2014.

A maior dificuldade foi porque não existia verba direcionada para tal reforma, já que não foi votado no orçamento de 2013, porém segundo a deputada, a Casa Civil, que na época era representada pelo atual candidato ao governo Rui Costa, se comprometeu em realizar uma operação “tapa buracos”, em caráter emergencial, ao mesmo tempo em que a reforma seria incluída no orçamento de 2014, sendo iniciada entre janeiro e fevereiro do referido ano.

O acordo foi firmado, após a Deputada afirmar que o líder do movimento, professor Josivan, receberia um documento emitido por órgãos do governo, se comprometendo em cumprir o combinado. Ainda antes de liberar a via, os manifestantes garantiram que se o acordo fosse quebrado, seria dado início a outro protesto ainda maior.

Um ano após o acordo entre governo e moradores de Ribeira do Pombal e Banzaê, nada foi cumprido, e a BA 388 continua intransitável, já que a cada dia que passa os buracos só aumentam.

No dia 06/08/2014, a redação do site POMBAL ALERTA falou por telefone com a Deputada Fátima Nunes, que informou que entraria em contato com os órgãos competentes para saber a respeito do andamento do projeto, e que daria um retorno no dia seguinte. Até o momento do fechamento dessa matéria, nenhum contato foi feito com a redação do site, ao mesmo tempo em que foram realizados inúmeros telefonemas para a Deputada, porém sem sucesso.

Quanto ao professor Josivan, afirmou ao POMBAL ALERTA que nunca recebeu o documento prometido, que garantiria o cumprimento do acordo, afirmando também que em contato com Jailma, ex-prefeita de Banzaê, e pessoa influente na Casa Civil, no período do protesto, a mesma teria afirmado que o projeto não foi colocado na votação do orçamento para 2014.

Portanto, embora os gestores das duas cidades sejam ligados ao governo, inclusive fortes cabos eleitorais do candidato Rui Costa, bem como filiados a partidos governistas, nenhuma das promessas foram cumpridas, desrespeitando um acordo feito entre o governo e moradores das duas cidades, que penam numa estrada esburacada, principalmente para quem mora em Banzaê, que só têm a BA 388 como a principal via de acesso a Ribeira do Pombal ou a capital baiana.

Continuamos “de olho na notícia” em busca de mais novidades sobre o caso.
 
Redação e fotos: Pombal Alerta

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!