Labels

terça-feira, 3 de março de 2015

Nota de esclarecimento de Ivone Lima sobre assalto ao Bispo Dom Guido



"Na noite de sábado, 28 de fevereiro, voltávamos da Visita Pastoral ocorrida em Sítio do Quinto eu, Dom Guido e o acólito. Retornávamos para Paulo Afonso, no trecho entre Antas e Jeremoabo. É compreensível, creio, que no calor dos acontecimentos, eu - e não falo como jornalista -, mas como pessoa assustada, tenha dito coisas que aconteceram e até que não aconteceram. Portanto, agora, venho esclarecer. Sim, fomos assaltados. Nos roubaram celulares e algum dinheiro. Não, não houve espancamento. Saímos ilesos, inclusive o Bispo, que dirigiu o carro de volta, e assumiu normalmente sua agenda. 

Também não lhe roubaram o anel, como alguns noticiaram. Quem já foi vítima de assalto – eu lamento que isto me tenha acontecido duas vezes-, sabe como é. Toda tortura é psicológica. Eu como jornalista entendo os meios, sei que este foi apenas mais um assalto, entre tantos, e que estamos cansados e desesperançosos. Dom Guido segue sua agenda normalmente, está viajando para a Itália para encontrar-se com o Papa Francisco. Em meio a tudo, agradeço aos que nos socorreram, em particular, aos populares da Comunidade Rangel, e à Polícia, a todos que se preocuparam. Que continuem rezando por nós". Por Ivone Lima, jornalista da ASCOM da Diocese de Paulo Afonso.

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!