Labels

quarta-feira, 15 de abril de 2015

PPA 2016/2019 do Semiário Nordeste II

O Território Semiárido Nordeste II realizou a sua Escuta Territorial do PPA 2016-2019, em Assembleia ocorrida em Cícero Dantas, na sexta-feira, 10 de abril 2015, no Centro Diocesano, com a participação de delegados de 17 dos 18 municípios que compõem o território. O município de Cel. João Sá não esteve presente. 

A audiência contou com a presença da Deputada Fátima Nunes, dos prefeitos Gordo de Raimundo, Santa Brígida e Helânio Calazans,Cícero Dantas, e vereadores, destacando-se a participação de onze vereadores de Jeremoabo e contou com a participação cultural de grupo de alunos da Escola Família Agrícola e grupo de dança “Maneiro Pau” de Santa Brígida. Além dos vereadores também participaram por Jeremoabo Pedro Son, a Secretária de Agricultura Rogeane, além de Abílio e Terezinha.

O evento foi conduzido por Vanduir, da Secretaria de Planejamento do Estado, que apresentou propostas extraídas do Planejamento do Governo Participativo e PPA anterior e acolheu outras sugestões da plenária, sendo eleitas, por votação, as quarenta propostas que irão compor o PPA do Estado com ações que contemplarão os municípios. 

A proposta que recebeu mais votos foi: “Apoiar a Implantação da Universidade Federal do Nordeste da Bahia (UFNB) com multicampi nos Municípios conforme projeto original bem como apoiar a implantação de Polos do IFBA no território”. 

Destacamos algumas propostas interessantes como “Implantação de Xadrez Escolar nas Escolas de Ensino Básico” e “Estrutura/Munir as Delegacias de Delegados aos finais de semana e feriados” e, “Fortalecimento das EFAS, CEEP de Jeremoabo e Cícero Dantas e do CETEP de Ribeira do Pombal” e “Reestruturar o Hospital Regional Santa Tereza, (alta complexidade) e os hospitais municipais de Cícero Dantas e Jeremoabo”. 

Enfim, foram muitas propostas de extrema importância e que elencamos a seguir: Fortalecimento das EFAS, CEEP de Jeremoabo e Cícero Dantas e do CETEP de Ribeira do Pombal com Infraestrutura de hospedagem e alimentação para os alunos. Reestruturar o Hospital Regional Santa Tereza, (alta complexidade) e dos hospitais municipais (Cícero Dantas e Jeremoabo). Construir o Hospital Regional em Euclides da Cunha (especialização) e Implantar Hospital Regional da Mulher. Implantar maternidade nos municípios polos. 



ATIVAR O LABORATÓRIO DE ANÁLISE DE SOLOS DO CETEP EM RIBEIRA DO POMBAL. Implantar o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) no território e Ponto Cidadão nos municípios. Implantar uma biofábrica para produção de mudas de frutas (caju, manga, mangaba, umbu e etc.). Implantar viveiros de produção de mudas nativas e frutíferas. Instalar abatedouros microrregionais observando a cadeia produtiva dos municípios envolvidos. Implantar centros integrados de Polícia Civil, Militar e Técnica e criar novas unidades do IML no Território. 

CRIAR UM CENTRO TERRITORIAL DE RECUPERAÇÃO DE USUÁRIOS DE SUBSTÂNCIAS PSICO ATIVAS PARA TRATAMENTO COM INTERNAÇÃO. Fortalecer as diversas cadeias produtivas do território (cajucultura, mandiocultura, apicultura, fruticultura, leite, milho e feijão), tendo como base a sustentabilidade socioambiental. Universalizar o Programa Federal Universidade para Todos. Ampliar pesquisas de identificação e garantir a certificação das comunidades indígenas, quilombolas, assentados e fundo de pasto. Implantar projetos de irrigação na Bacia de Tucano e Vaza Barris que atendam o Agricultor Familiar em sua propriedade. Construir escolas para os povos indígenas, quilombolas e assentados com biblioteca, auditório, quadra poliesportiva e sala de informática, com aperfeiçoamento para os professores. Executar projetos de geração de emprego em cultura, turismo, esporte e lazer. Fomentar a implantação de agroindústrias familiares. 

GARANTIR A POLÍTICA DOS EDITAIS CULTURAIS TERRITORIAIS. Desenvolver o turismo ecológico e rural de base comunitária. Criar mais parques estaduais de preservação e reflorestamento do bioma caatinga. ESTRUTURAR E MUNIR AS DELEGACIAS COM DELEGADOS AOS FINAIS DE SEMANA E FERIADO. Efetivar os cargos de Representantes Culturais do Território e Agentes de Desenvolvimento Territorial, através de concurso público. 

UNIVERSALIZAR O SINAL DE BANDA LARGA NA ZONA RURAL E URBANA NOS MUNICÍPIOS DO TERRITÓRIO. PROIBIR O USO DE ADITIVOS QUÍMICOS NA AGRICULTURA FAMILIAR. DESENVOLVER POLÍTICA DE REFLORESTAMENTO DAS MATAS CILIARES E RECUPERAÇÃO DE NASCENTES DOS RIOS. Universalizar o SAMU 192 para todo o Território. IMPLANTAR O ENSINO DE XADREZ NAS ESCOLAS (ENSINO BÁSICO). Apoiar a realização dos planos municipais de Saneamento Ambiental e Implantar sistema de saneamento básico e aterro sanitário, Fomento e apoio aos projetos de coleta seletiva com aquisição de caminhões compactadores, em parceria com os Consórcios Municipais (semiárido Nordeste II). 

PROMOVER FEIRA CULTURAL ANUAL PARA EXPOR A DIVERSIDADE ARTÍSTICA, CULTURAL, GASTRONÔMICA E LITERÁRIA NO TERRITÓRIO. Reforma e recuperação das BA’s e estradas vicinais do Território e a conclusão da BA 220, instituindo o controle de peso das cargas nas BA’s onde já existem balanças. Universalizar e manter poços artesianos, sistemas de água para consumo humano/produção, cisternas, aguadas, barragens e adutoras. Universalizar e fortalecer a política de ATER no Território. Implantar Delegacia Especial da Mulher e Centro de Referência para mulheres vítimas de violência no Território, garantindo o atendimento as mulheres indígenas, quilombolas e assentadas. 

FORTALECER A POLÍTICA DE EDUCAÇÃO DO CAMPO NO TERRITÓRIO. DISPONIBILIZAR PALCO MÓVEL MODELO CARRO BAÚ PARA VIABILIZAR A PROMOÇÃO DE CULTURA NO TERRITÓRIO. IMPLEMENTAR MEDIDAS EMERGENCIAIS DE PRESERVAÇÃO E RESTAURAÇÃO DA INTEGRIDADE FÍSICA DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARQUITETÔNICO DOS MUNICÍPIOS.

GARANTIR RECURSOS PARA IMPLANTAÇÃO DA EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL PARA OS MUNICÍPIOS DO TERRITÓRIO. Implantar formação continuada para professores do Proeja e EJA (incluindo o Profissionalizante) e implantar Proeja e EJA em todos os municípios do território. IMPLANTAR UMA UNIDADE DO CORPO DE BOMBEIROS NO TERRITÓRIO. Garantir o acesso ao Programa Luz para Todos, priorizando todos os projetos que já foram iniciados. Do jeremoaboagora.com.br, com foto do Folha Pombalense..

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!