Labels

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Banco do Brasil de Adustina é explodido


No final da noite de domingo, 31 de janeiro 2016, por volta das 23 horas, mais uma vez o Banco do Brasil da cidade de Adustina foi explodido. Os cinco bandidos fortemente armados em uma S10 de cor prata promoveram terror, fazendo seis pessoas como reféns, que no momento estavam se divertindo na praça. 


Os marginais chegaram próximo ao Point dos Espetinhos e Quiosque do Orange e já foram logo rendendo quem estava em torno do estabelecimentos, dando ordem para seguirem até o Banco do Brasil. Em frente ao banco foi formada uma barreira dos reféns, enquanto os bandidos explodiam a agência. Durante a ação um dos reféns falou que o banco não tinha dinheiro, mas mesmo assim continuaram as explosões. Logo em seguida foi constatado que não tinha dinheiro e de imediato foram escolhido reféns colocados na carroceria do veículo e empreenderam fuga destino ao Povoado de Bananeira município de Fátima. 


As vítimas foram liberadas na estrada. Ninguém ficou ferido. Os reféns permaneceram em torno de uma hora sequestrados, entre os quais o radialista, apresentador de eventos e blogueiro Rodrygo Ferraz. Policiais chegaram ao local cerca de meia hora após o ocorrido, colheram informações e seguiram em diligencia. O último assalto em Adustina aconteceu na terça-feira, 14 de julho 2015, quando aproximadamente 15 homens participaram da ação com três veículos contra a Agência dos Correios. 

Os bandidos também jogaram grampos nas vias de acesso à cidade para dificultar a perseguição. Em 2015 os bandidos agiram por cinco vezes na cidade, três nos correios e duas vezes no banco. Informações dão conta que o Banco do Brasil poderá deixar de funcionar devido aos vários ataques. Por Joilson Costa, Rádio Pombal FM e Rodrygo Ferraz

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!