Labels

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Tite assumi oficialmente a Seleção

Enfim, contrato assinado e negócio concluído. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou na tarde desta segunda-feira, pelas redes sociais, que Tite é o novo técnico da Seleção após alguns dias de tratativas. Em seguida, o treinador foi apresentado em uma entrevista coletiva na sede da entidade, no Rio de Janeiro, ao lado do presidente Marco Polo del Nero.
A minha atividade e o convite que me foi feito foi para ser técnico da seleção brasileira de futebol. Entendo que essa atribuição é a melhor maneira que eu tenho para contribuir com o que tenho de ideia para minha vida. Adjetivos como transparência, excelência e modernidade é a forma que eu penso e que eu trago para o futebol. Penso ser dessa forma em todas as áreas também - disse Tite ao ser questionado sobre ter assinado um manifesto pela saída de Del Nero, há alguns meses, e agora aceitar trabalhar com o dirigente.

Adenor Leonardo Bachi, gaúcho de Caxias do Sul, tem a missão de substituir Dunga, demitido depois da eliminação na fase de grupos da Copa América Centenário. Por enquanto, ele virá apenas com dois auxiliares -  Cleber Xavier e Matheus Bachi, seu filho, que o acompanhou no deslocamento no jatinho da entidade até o Rio de Janeiro. O restante da comissão técnica será definida com Edu Gaspar, que assumirá cargo no departamento de futebol da CBF.
EM BANZAÊ TEM!
Tite assume, mas não comandará o grupo na Olimpíada. A função ficará a cargo de Rogério Micale na busca pela inédita medalha de ouro nos Jogos no Rio. Oficialmente, o treinador de 55 anos terá como primeira missão os jogos pelas Eliminatórias Sul-Americanas à Copa do Mundo de 2018. Em setembro, o Brasil encara o Equador no dia 2 e tenta sair da incômoda sexta colocação na tabela da competição. Dia 6 do mesmo mês o desafio é contra a Colômbia. Informações e foto: Globo Esporte.com

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!