Labels

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Eliminatórias: Na raça, Brasil vence a Colômbia por 2 a 1 na Arena Amazônia


Foi difícil, mas o Brasil de Tite e companhia não poderia sair de campo sem os três pontos depois de mais uma bela exibição. Com raça e competência, a Seleção derrotou a Colômbia por 2 a 1, na Arena Amazônia.
Antes do duelo em Manaus, as seleções já haviam se enfrentado 27 vezes, com ampla vantagem para a equipe verde e amarela. Foram 16 vitórias, oito empates e somente três derrotas. Não seria agora que o retrospecto iria mudar.
Iniciando com a mesma escalação do triunfo de 3×0 sobre o Equador, pela sétima rodada, o Brasil não esperou nem a torcida se acomodar nas arquibancadas para abrir o marcador com um minuto e 19 segundos de bola rolando.
Neymar fez jogada pelo lado esquerdo e conseguiu um escanteio. Cobrou com perfeição na cabeça do zagueiro Miranda, que só escorou e aproveitou a saída errada do goleiro Ospina para comemorar. Foi o primeiro gol dele pela Seleção em 33 partidas. O camisa 4, por sinal, faz 32 anos nesta quarta-feira.
Com mais posse de bola, o time do técnico Tite dominou o primeiro tempo, fazendo o goleiro Alisson virar um simples espectador. Com trocas de passes eficientes entre Paulinho e Renato Augusto, chegar ao gol rival estava fácil.
A principal alternativa era pelo lado esquerdo, com Marcelo e Neymar inspirados. O camisa 10, inclusive, deu um lindo lançamento para Paulinho. O volante desviou a bola para o gol com a mão e levou o cartão amarelo, que o tirou da próxima partida.
Apesar da superioridade, a Seleção deu um vacilo antes do apito final, o suficiente para os colombianos igualarem o placar. Sumido, James Rodríguez cobrou falta na área e Marquinhos desviou de cabeça. Bola no cantinho e gol contra, sem chance para Alisson.
EM BANZAÊ TEM!

Com 61% de posse de bola e seis finalizações, contra apenas duas da Colômbia, o Brasil tinha tudo para seguir melhor em campo e conseguir chegar à frente do placar novamente no segundo tempo. Tite promoveu as entradas de Philippe Coutinho e Giuliano.
Deu certo demais. Coutinho acionou Gabriel Jesus, que escorou para Giuliano. O meia encontrou  Neymar livre na esquerda. Ele não perdoa. Chute rasteiro, cruzado, dentro da rede. Explosão de alegria e três pontinhos garantidos. Valeu!
O Brasil volta a jogar pelas Eliminatórias daqui a um mês. Dia 7, o rival será a Bolívia, na Arena das Dunas, em Natal. No dia 11 será a vez de encarar a Venezuela, fora de casa.
Fonte e Foto:: Correio da Bahia

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!