Labels

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Geddel não aguenta pressão e deixa governo Temer

EM BANZAÊ TEM!

O presidente do PMDB da Bahia, Geddel Vieira Lima, diz em sua carta de demissão que as críticas contra sua figura se avolumaram. O peemedebista pede sua exoneração do cargo de ministro-chefe da Secretaria de Governo depois que foi acusado de tráfico de influencia por Marcelo Calero, ex-ministro da Cultura.
No documento endereçado ao presidente Michel Temer, Geddel admite que é chegada "a hora de sair". "Em Salvador, vejo o sofrimento dos meus familiares. Quem me conhece, sabe ser esse o limite da dor que suporto", diz carta.
"Retornando à Bahia, sigo como ardoroso torcedor do nosso governo, capitaneado por um presidente sério, ético e afável no trato com todos, rogando que, sob seus contínuos esforços, tenhamos a cada dia um país melhor", elogia o peemedebista.

Fonte: Bocão News

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!