Labels

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

UM MÊS APÓS HOMICÍDIO DE PROFESSOR, BANZAÊ DISCUTE SEGURANÇA PÚBLICA


Nesta quinta-feira, 19, faz um mês do assassinato do professor Roberto, no povoado de Queimada Grande, em Banzaê. O professor foi vítima provavelmente de um latrocínio (roubo seguido de morte).
O crime ganhou repercussão em toda região pelo fato de se tratar de um cidadão de bem. A polícia ainda não se pronunciou oficialmente sobre o fato, mas informações colhidas pelo departamento de jornalismo da Pombal FM dão conta de que o autor e o coautor  do homicídio já foram identificados e de que existe um mandado de prisão expedido pela justiça local contra os acusados, que se encontram foragidos.
A prefeita Jailma, na cerimônia de diplomação realizada em 19 de dezembro, mesmo dia em que o professor foi assassinado,   inclusive falou sobre esse crime e disse que no mesmo dia ligou para as autoridades governamentais no sentido de cobrar um aparato de segurança para o seu município.
SUPERMERCADO VITÓRIO

E nesta quarta-feira, um dia antes de completar um mês da morte do professor Roberto, foi realizado no Plenário da Câmara Municipal de Banzaê um encontro do qual participaram o Capitão Jilian Costa, da 21ª Companhia Independente de Polícia Militar; Dra. Rosana Capitulino, delegada de polícia; a Secretária de Administração e Planejamento, Kathyuscia Santos; a vice-prefeita Veralúcia; a prefeita Jailma e todos os vereadores que compõem a Casa Legislativa banzaense.
Na oportunidade, foram discutidas melhorias para a segurança pública do Município. Redação: Pombal FM e Foto, Facebook da prefeita Jailma Dantas.

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!