Labels

domingo, 22 de julho de 2018

PSOL confirma Guilherme Boulos para disputa da Presidência


Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) confirmou em convenção nacional neste sábado (21), em São Paulo, a escolha de Guilherme Boulos, de 36 anos, como candidato à Presidência da República. O coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) foi escolhido por aclamação pelos filiados que participaram do evento. Ele disputará a Presidência pela primeira vez.

A chapa terá como candidata a vice-presidente a ativista indígena Sônia Guajajara, também do PSOL. A candidatura de Boulos teve apoio de setores sociais, como os sem-teto, e os movimentos LGBTI, feminista, negro, entre outros.

Participaram do evento lideranças do PSOL, como os deputados federais Ivan Valente (SP) e Luiza Erundina (SP), as vereadoras Sâmia Bonfim (SP) e Talíria Petrone (RJ) e os deputados estaduais Carlos Giannazi (SP) e Marcelo Freixo (RJ).

No primeiro discurso como candidato, Boulos disse que pretende, se eleito, combater privilégios. “Temos que dizer com todas as letras: não se avança em direitos sociais e políticas para o povo se não for enfrentando os privilégios do 1%. Temos lado. Essa candidatura tem lado, e é ao lado dos 99%.”

Disse que vai priorizar a revisão de políticas atuais do governo federal, como a reforma trabalhista. "Primeiro compromisso, e esse é um ponto fundamental para campanha que vamos fazer: revogar os atos desse governo de Michel Temer."

A eleição presidencial de 2018 será a primeira de Boulos. Ele filiou-se em março ao PSOL. No mesmo mês, foi lançado como pré-candidato após receber maioria dos votos em disputa com outros três nomes do partido.

Antes de se tornar líder do MTST, Boulos foi militante estudantil na União da Juventude Comunista e se formou em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP). Informações e foto: G1

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!