Labels

sábado, 4 de agosto de 2018

Podemos confirma Alvaro Dias para disputa da Presidência


Podemos confirmou, em convenção nacional neste sábado (4), em Curitiba, a escolha de Alvaro Dias, 73 anos, como candidato à Presidência da República. Ele está no quarto mandato de senador e é o atual líder do partido.

O vice da chapa de Alvaro Dias é o economista Paulo Rabello de Castro, do Partido Social Cristão (PSC). O PSC desistiu de ter candidato próprio e indicou o nome de Rabello na quarta-feira (1º). Além do PSC, o Podemos fechou coligação com o PRP e o PTC.

No primeiro discurso como candidato, Álvaro fez críticas ao atual sistema político e voltou a repetir o discurso de "refundar a República", que defendeu nas entrevistas da pré-campanha eleitoral.

O candidato disse, ainda, que vai combater a corrupção e apoiar a continuidade da Operação Lava Jato, que, de acordo com ele, prendeu "os barões que assaltaram a República". "A limpeza não terminou, a limpeza tem que continuar", afirmou.

Trajetória política

Alvaro Dias é formado em história pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). É casado e tem um casal de filhos.

Na década de 60, foi locutor de rádio em Londrina. Com a grande popularidade que conseguiu, chamou a atenção de lideranças políticas locais. Convidado a ser vereador, aceitou e foi eleito em 1968.

Ao longo de quase 50 anos de vida política, Alvaro Dias foi vereador, deputado estadual, deputado federal, governador do Paraná e senador. Trocou de partido oito vezes, passando pelo MDB, PMDB, PST, PP, PSDB, PDT, PSDB, PV e Podemos.

Em 1987, Alvaro Dias licenciou-se do mandato de governador do Paraná para tentar ser o candidato do PMDB à presidência, mas perdeu a indicação para o então deputado Ulisses Guimarães.

O atual mandato dele como senador termina em 2022. Informações e foto: G1

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!