Labels

terça-feira, 9 de outubro de 2018

DF e 13 estados definirão governadores só no segundo turno


Para candidatos em 13 estados e no Distrito Federal, haverá disputa, nos próximos 20 dias, de olho no segundo turno (dia 28 de outubro) e com algumas peculiaridades, a participação de nomes que não eram apontados entre os favoritos e outros que estavam na liderança e perderam o privilégio na abertura das urnas.
Amapá - 2º turno
Waldez (PDT) - 33,55%
Capi (PSB) - 30,10%

Amazonas - 2º turno
Wilson Lima (PSC) - 33,86%
Amazonino Mendes (PDT) - 32,61%


Distrito Federal - 2º turno
Ibaneis (MDB) - 41,97%
Rodrigo Rollemberg (PSB) - 13,94%


Mato Grosso do Sul - 2º turno
Reinaldo Azambuja (PSDB) - 44,61%
Juiz Odilon (PDT) - 31,62%

Minas Gerais - 2º turno
Romeu Zema (Novo) - 42,75%
Antonio Anastasia (PSDB) - 29,05%

Pará - 2º turno
Helder (MDB) - 47,75%
Marcio Miranda (DEM) - 30,19%

Rio de Janeiro - 2º turno
Wilson Witzel (PSC) - 41,28%
Eduardo Paes (DEM) - 19,56%

Rio Grande do Norte - 2º turno
Fátima Bezerra (PT) - 46,14%
Carlos Eduardo (PDT) - 32,48%

Rio Grande do Sul - 2º turno
Eduardo Leite (PSDB) - 35,89%
José Ivo Sartori (MDB) - 31,11%

Rondônia - 2º turno
Expedito Júnior (PSDB) - 31,59%
Coronel Marcos Rocha (PSL) - 23,99%

Roraima - 2º turno
Antonio Denarium (PSL) - 42,28%
Anchieta (PSDB) - 38,67%

Santa Catarina - 2º turno
Gelson Merísio (PSD) - 31,12%
Comandante Moisés (PSL) - 29,72%

São Paulo - 2º turno
João Doria (PSDB) - 31,77%
Márcio França (PSB) - 21,48%

Sergipe - 2º turno
Belivaldo (PSD) - 40,83%
Valadares Filho (PSB) - 21,50%

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita!